Suspeito de estuprar mulher em UTI de hospital em Goiás é preso

Homem de 41 anos estava foragido e se entregou à polícia espontaneamente. A vítima morreu nove dias após a internação

Divulgação/PCGODIVULGAÇÃO/PCGO

A vítima ficou no local por nove dias até falecer em decorrência de uma parada cardíaca, no domingo (25/05/2019), segundo o jornal O Popular. De acordo com a reportagem, o estupro teria acontecido em 17 de maio, um dia após a entrada da jovem na UTI. Apesar da sedação, ela teve momentos de lucidez e denunciou a situação a uma enfermeira.

O suspeito, que trabalhava no hospital, foi confrontado e negou o crime. Depois, não apareceu mais. Um mandado de prisão foi expedido pela Justiça na noite dessa terça-feira e ele era considerado foragido.

O caso de estupro de vulnerável é investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

Fonte: Metropoles