Sob governo de Bolsonaro, assassinatos de trans e travestis reduzem 24%

Novo governo derrubou um dos principais argumentos usados para atacar o atual mandatário

Mortes de trans e travestis caiu no país sob o governo Bolsonaro Foto: Reprodução

Se existe um tópico que foi usado massivamente pela esquerda para atacar a eleição, e depois gestão, de Bolsonaro, definitivamente, foi o de que ele aumentaria a morte de gays, trans e travestis no país. Porém, derrubando todas as falácias e falsos argumentos, o novo governo mostrou justamente o contrário.

O fato foi comprovado com os números de uma pesquisa da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra). Entre os resultados, aparece a queda acentuada de assassinatos de trans e travestis em 24,5% no ano de 2019 em relação a 2018.

Brasil conclui o ano com quase 7 mil homicídios a menos
Moro irá expandir programa contra homicídios em 2020
Sergio Moro detona matéria da Folha de São Paulo

De acordo com os números, em 2017, foram identificadas 179 mortes, já em 2018, 163 casos foram registrados no país. No ano passado, porém, é que a queda foi ainda maior, a quantidade de assassinatos despencou para 123.

Com esse fato, o presidente Bolsonaro corrobora mais uma promessa feita por ele durante a campanha, onde o agora mandatário garantiu que, durante sua gestão, buscaria alternativas para punir a violência contra quaisquer que fossem os grupos.

A redução no número de assassinatos não ficou apenas restrita aos trans e travestis. No total, a queda nos homicídios foi de 22% em 2019. Dos 30 mil registrados no ano de 2018 para 23 mil no ano passado.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Pleno.News