Ex-presidente da entidade diz que ‘eminência parda’ da OAB ‘não tem limites’

Reginaldo de Castro criticou Marcus Vinícius Furtado Coelho, para ele, um “Richelieu’

O ex-presidente nacional da OAB Reginaldo de Castro está entre os muitos indignados, e não se surpreendeu quando soube que o também ex-presidente Marcus Vinícius Furtado Coelho, para ele “eminência parda” da Ordem, está entre os organizadores do 1º Congresso Digital Covid-19, em que a entidade expôs ministros de tribunais associando-os à logomarca do “patrocinador” Qualicorp, empresa fundada por Luiz Seripieri Júnior, preso na semana passada acusado de corrupção. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Ex-presidente da OAB, Marcos Vinicius F. Coelho: patrocínio da Qualicorp.

Reginaldo compara Marcus Vinícius a Richelieu, “não tem limites”. E alerta para a data da ação do colega que beneficiou a Qualicorp.

A liminar de Marcus Vinícius foi ao STF quando Ricardo Lewandowski estava de plantão no recesso de janeiro de 2014, e a concedeu.

Marcus Vinícius se esmerava em agrados. Nomeou “embaixador da OAB” na entidade de advogados em Londres um filho de Lewandowski.

Reginaldo também critica a candidatura frustrada de Marcus Vinicius a ministro do STF: “Nunca na história da Ordem um presidente fez isso”.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Diário do Poder

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here