Morre homem baleado por policiais e que agrediu mulher em Águas Claras

O suspeito estava internado em estado grave desde domingo (12/7), quando reagiu à abordagem policial e tentou tirar a arma dos agentes

homem agride mulherREPRODUÇÃO

O empresário Fabrício César Lima de Lacerda, 35 anos, baleado por policiais civis do DF após denúncia de violência doméstica, em Águas Claras, não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital de Base do Distrito Federal na noite dessa sexta-feira (17/7). O homem estava internado em estado grave desde domingo (12/7), após reagir à abordagem policial e tentar tirar a arma dos agentes.

A imagem mostra a mulher sendo puxada pelo cabelo. Antes disso, ela tinha tentado ligar na portaria, para pedir ajuda. Nesse momento, Fabrício quebrou o interfone.

O agressor tentou fugir para a varanda, mas acabou rendido. Em seguida, Fabrício conseguiu se desvencilhar e tentou pegar a arma de um dos policiais, momento que levou dois tiros na perna. Segundo a Polícia Civil, o homem estava bastante alterado e agressivo – ele teria desacatado os agentes.

“Durante a prisão, o homem reagiu, passando a entrar em luta corporal com os policiais, além de tentar pegar uma faca para agredi-los. Ele também tentou sacar a arma do agente. Em razão do risco oferecido, restou necessário efetuar disparo de arma de fogo na perna do agressor”, detalhou a PCDF.

A discussão teria começado após o almoço. Pouco depois, alterado, o homem teria puxado a mulher pelo cabelo algumas vezes e a jogado no chão. Segurando uma faca, passou a xingá-la e ameaçá-la. Uma amiga da esposa do agressor, que estava no apartamento, tentou impedir que Fabrício agredisse a companheira – mas, ainda assim, ele atingiu a parceira com o cabo da faca.

O autor das agressões tem passagem por injúria, desacato, lesão corporal e resistência. Na delegacia, apesar de a mulher não ter pedido medidas protetivas, Fabrício foi indiciado por Maria da Penha, resistência e desacato.

Resgate

Devido à gravidade da ocorrência, o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal precisou fazer o resgate de helicóptero. Segundo informações de moradores, o homem estava muito ensanguentado quando foi socorrido.

Fonte: Metropoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here