Obama alerta sobre redes sociais, em entrevista ao príncipe Harry

AFP PHOTO / KENSINGTON PALACE / THE OBAMA FOUNDATION Príncipe Harry entrevista o ex-presidente dos EUA, Barack Obama


Londres, Reino Unido
– O ex-presidente americano Barack Obama fez um alerta contra o risco de “balcanização” da sociedade, ligado ao mau uso das redes sociais, em uma entrevista ao príncipe Harry, divulgada nesta quarta-feira (27/12) na BBC Radio 4. “Um dos perigos da Internet é que as pessoas podem ver as realidades totalmente diferentes. Podem ser iludidas por informações que reforçam suas posições”, declarou Obama em sua primeira entrevista desde que deixou a Casa Branca em janeiro.

Saiba mais

  • Governo dos EUA investiga se Obama boicotou programa contra Hezbollah

  • Em Paris, Obama critica Trump e elogia liderança feminina

  • Obama lamenta a 'pausa na liderança' dos EUA em relação ao clima

“A questão que se põe é como explorar essa tecnologia de maneira a permitir a pluralidade dos votos, a diversidade dos pontos de vista, evitando uma balcanização da sociedade”, completou, sem se referir a seu sucessor, o republicano Donald Trump, muito criticado por seus tuítes intempestivos.

Obama disse ainda ter deixado a Presidência dos EUA, “globalmente”, com um sentimento de “serenidade”, mas também com uma “preocupação” em relação ao futuro do país. E o que mudou depois da Casa Branca ? – pergunta Harry. “Eu acordo mais tarde”, com o “espírito livre”, conta Obama. “É uma alegria ter a possibilidade de ser dono do seu dia”, admite.
Leia as últimas notícias de Mundo
“Quando eu me levanto, quero tomar minhas próprias decisões, decidir como quero usar meu tempo”, acrescenta o democrata. Ele reconhece que é difícil, porém, não lamentar determinados aspectos desse cargo ao mesmo tempo “fascinante e gratificante”.
“Sinto falta da minha equipe. Até do trabalho eu sinto falta”, disse ele nessa entrevista gravada em setembro em Toronto, em paralelo aos “Invictus Games”, uma competição esportiva aberta aos feridos e mutilados de guerra.
“Não fiz muitas entrevistas, mas foi divertido” conversar com Barack Obama, disse Harry à BBC. Harry se casa com a atriz americana Meghan Markle em 19 de maio. E Barack Obama será convidado para o casamento?
“Não sei”, respondeu Harry à emissora britânica. “Ainda não fizemos a lista de convidados. Então, quem sabe quem será convidado, ou não? Não quero estragar a surpresa”, brincou. Segundo o tabloide “The Sun”, a possível presença de Obama no casamento preocupa o governo britânico, que teme que esse convite seja visto como uma afronta pelo presidente Trump.

Fonte: Correio Braziliense rss