Aeroporto de Brasília terá praça com conceito inovador

Exclusivo: aeroporto de Brasília terá praça com conceito inovador

Exclusivo: aeroporto de Brasília terá praça com conceito inovador
Colaborador  MARCELLA OLIVEIRA
Foto  CORTESIA

O GPS|Lifetime apresenta, em primeira mão, o projeto da Praça Pick-up, novo espaço de convivência idealizado pela Inframerica

Imagine a cena. Você chegou de viagem no Aeroporto Internacional de Brasília e o que mais deseja é chegar em casa ou no hotel. Pede um carro pelo aplicativo e se posiciona logo na primeira parte da pista no andar do embarque, já que os motoristas dos apps buscam os passageiros ali. A ansiedade do mundo atual não nos permite esperar muito. Mas, assim como você, outras tantas pessoas tiveram a mesma atitude. Elas embarcam e desembarcam na mesma via. O resultado? Muitos carros, muita gente e uma certa confusão na hora de encontrar o veículo que você procura.

O problema é relativamente recente. Mas a quantidade de carros e o congestionamento na pista incomodava a Inframerica, administradora do aeroporto, há algum tempo. Depois de muita pesquisa, estudo, conversas e reuniões, o projeto começou a sair do papel: a Praça Pick-Up.

“Eu mesmo fiquei observando por muitos dias a dinâmica do desembarque, com o objetivo de criar uma solução para melhorar a experiência do usuário”, contou Ian Joels, diretor comercial da Inframerica e idealizador do projeto.

Quando teve acesso aos números, Joels ficou impressionado: por ano, circulam pelo aeroporto aproximadamente 1,056 milhão de carros de aplicativos (que buscam um número estimado de 2,619 milhões passageiros), 273 mil vans de locadoras de veículos e 16,4 mil vans de turismo. “Isso gera um congestionamento que incomoda o usuário. O projeto surgiu de um problema e encontramos a solução, que é inédita no mundo. Estamos atacando um problema moderno que é o uso de aplicativos. Uma realidade que veio para ficar, então tínhamos que fazer algo. A ideia é diminuir o fluxo no viaduto de embarque e desembarque do terminal”, enfatizou.

A praça será, na verdade, um novo espaço de convivência e embarque para veículos que buscam os passageiros no aeroporto. Terá um grande restaurante, um bar e outras quatro lojas menores também para alimentação. “Não estamos adaptando nenhum espaço, vamos construir uma área especial, pensada e elaborada para dar mais conforto e proporcionar uma experiência ao usuário”, disse Joels.

Além disso, a praça contará com um lounge do aplicativo, uma área para locadoras de veículos, playground e espaços comuns arborizados e com obras de arte, além de locais para eventos culturais. “Estamos pensando em fazer um concurso com artistas da cidade para que eles possam exibir seus trabalhos aqui”, adiantou Joels.

A pista para circulação exclusiva de veículos de aplicativos foi pensada de forma a agilizar a mobilidade, com vagas mais largas do que o normal, já pensando em passageiros com bagagem no porta-malas. O novo espaço também terá uma via especial para vans, ônibus de turismo e carros locados para buscar seus passageiros.

Quem circular pelo aeroporto já pode observar tapumes em parte da área que hoje é o estacionamento premium, bem em frente ao terminal, e as primeiras movimentações da obra. A praça ocupará um espaço de 5 mil metros quadrados. “Não haverá diminuição do número de vagas, vamos apenas reposicioná-las”, garante o diretor comercial. O investimento é de R$ 15 milhões. A previsão de conclusão das obras é até o final do primeiro trimestre de 2020.

A Inframerica já está em negociação com empresas para operação no espaço, mas ainda não pode adiantar qual restaurante ou bar fará check-in por lá. “Podemos dizer que são marcas boas o suficiente que atrairão até mesmo os moradores da cidade que não estão no aeroporto para viajar”, concluiu o diretor comercial.