Campus Party Brasília reúne mais de 100 mil pessoas no Mané Garrincha

Vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, foi uma das atrações do fim de semana. No evento, cantor falou sobre empreendedorismo e inovação

Isadora Teixeira/MetrópolesISADORA TEIXEIRA/METRÓPOLES

A terceira edição da Campus Party Brasília, maior imersão tecnológica do mundo, reuniu mais de 100 mil pessoas no espaço gratuito do evento que ocorreu durante cinco dias no Estádio Nacional Mané Garrincha.

Realizado em parceria com o Governo do Distrito Federal (GDF), a feira teve mais de 350 horas de atividades, com 300 palestrantes, 110 workshops e 9 mil campuseiros — destes, 3 mil ficaram acampados. A próxima edição está confirmada: de 29 de janeiro a 2 de fevereiro de 2020.

Destaques

Um dos destaques da programação do fim de semana foi a presença de Bruce Dickinson, empresário e vocalista do Iron Maiden, que subiu ao palco para falar não só de rock, mas principalmente de empreendedorismo e inovação. Bruce já foi piloto e diretor de marketing da Astraeus Airlines, empresa de aluguel de aeronaves.

Durante o evento, o cantor arrancou palmas da plateia quando anunciou que trará ao Brasil um sabor diferente da cerveja do grupo, a The Trooper. “Vamos trazer um produto especial, unicamente para o Brasil”, revelou.

Além dele, passaram pelos palcos nomes como Débora Garofalo, considerada uma das dez melhores professoras do mundo pelo Global Teacher Prize, Gordox, primeiro caster brasileiro e também narrador dos principais eSports da atualidade e Matheus Pinto, partner manager do Google.

A terceira edição da Campus Party Brasília começou na quarta-feira (19/06/2019) e atraiu os amantes de tecnologia e da cultura nerd. Foram selecionados 40 startups no Programa Startup & Makers, além de 20 projetos selecionados para participar do Programa Campus Future. Participaram 19 instituições de ensino e 68 empresas apoiadoras. Na Arena também ocorreram os Hackathons, maratonas de conhecimento com objetivo de desenvolver soluções tecnológicas para o bem da humanidade.

Nos cinco dias de evento, foram realizados cinco desafios: “Zé Gotinha”, parceria com o Ministério da Saúde focada no fortalecimento da vigilância e aumento da cobertura vacinal; “Aprender Bem”, em busca de soluções para a promoção de Metodologias Ativas para Educação; e “Tempo de Ação”, sobre Inclusão & Proteção da Mulher do DF, Turismo e Transparência.

* Com informações da Agência Brasília e da organização da Campus Party Brasília

Fonte: Metropoles