Mulher relata agressão após briga em restaurante de luxo

Briga começou no banheiro e a acusada é namorada do irmão do dono do estabelecimento. Ela afirmou que foi atingida por um copo

Mulher relata agressão após briga em restaurante de luxo

Depois, a agressora foi identificada como Fernanda Bonito, namorada de Ricardo Lima, irmão do dono do estabelecimento. Milka, que já realizou dois procedimentos cirúrgicos após o episódio, publicou em uma rede social um vídeo na noite de terça-feira no qual relatou a agressão que sofreu.

Durante o vídeo postado no Instagram, a consultora imobiliária contou que encontrou Fernanda na fila do banheiro do restaurante. Aparentemente muito alterada, segundo Milka, Fernanda se recusou a esperar e começou uma discussão no local. Milka contou que Fernanda furou a fila, usou o banheiro e começou a gritar com a amiga dela após deixar a cabine dizendo que “poderia tirar quem quisesse dali”.

De acordo com Milka, a mulher andou na direção dela e a empurrou e começou a agredi-la. A consultora afirmou que conseguiu segurar Fernanda e impedir que as agressões continuassem. Nesse momento, a mulher saiu do banheiro em busca dos seguranças e do namorado.

“Os seguranças empurraram a porta e eu estava atrás pegando minhas coisas no chão. Nesse momento ela entrou no banheiro com o namorado e os seguranças, pegou um copo de vidro espesso que estava na mão do namorado e jogou em direção ao meu rosto. Não tive como me defender e o copo acertou o meu rosto. Em choque, não percebi a gravidade da situação, só percebi quando vi que estava jorrando muito sangue e uma menina que estava na fila disse que era da área da saúde e me colocou dentro de uma cabine. O namorado e os seguranças ainda tentavam entrar para me pegar”, afirmou.

A consultora ainda contou que conseguiu sair do banheiro e caminhou até o estacionamento sem qualquer apoio de funcionários do local. Ela afirma que aguardou a chegada de uma ambulância e da polícia, mas por fim decidiu seguir com amigos até um emergência.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) informou que a agressão é investigada pelo 34º Distrito Policial (Vila Sônia). Milka prestou depoimento nesta quarta-feira, no inquérito que a Polícia Civil abriu para esclarecer todas as circunstâncias do fato.

O restaurante afirmou que “lamenta profundamente” o episódio e ressaltou que Fernanda, apontada como autora das agressões, “não é sócia e nunca fez parte” da equipe do restaurante.

“O Iulia Restaurante lamenta profundamente o episódio de desentendimento entre duas frequentadoras no seu sanitário feminino, na noite de 11/01, e que acabou resultando em ferimentos à Sra. Milka Borges. Em seus 3 anos de funcionamento, jamais registramos fato semelhante em nosso restaurante. Ressaltamos que a acusada de agressão pela denunciante não é sócia e nunca fez parte de nosso restaurante e que deverá responder pelas consequências de seus atos. Prestamos nosso apoio e solidariedade à Sra. Milka Borges pela lamentável ocorrência em nosso estabelecimento e estamos à disposição das autoridades responsáveis para colaborar com o devido esclarecimento dos fatos.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Metropoles