Tribunal Eleitoral uruguaio dá vitória em eleições a Luis Lacalle Pou

Vitória apertada da direita no país veio após a contagem dos ‘votos observados’ e tira do poder a Frente Ampla, que comandava o país há 15 anos

A Justiça Eleitoral do Uruguai deu nesta quinta-feira, 28, a vitória nas eleições eleições presidenciais ao candidato de centro-direita do Partido Nacional, Luis Lacalle Pou, após a contagem dos “votos observados”. Daniel Martínez, candidato governista da Frente Ampla que governou por 15 anos o país, reconheceu a derrota.

“A evolução da contabilização dos votos não modifica a tendência. Por isso, saudamos o presidente eleito, Luis Lacalle Pou, com quem terei uma reunião amanhã. Agradeço de coração a quem confiou em nós com seu voto”, escreveu no Twitter Martínez.

A apuração havia sido suspensa no domingo devido a estreita margem que separava Pou de Martínez. Com 98% das urnas apuradas, a diferença de votos entre os dois candidatos era de cerca de 28.666. Como a diferença era inferior ao número de “votos observados”, compreendendo 38 mil pessoas que trabalharam no pleito, como mesários e seguranças das urnas, ou pessoas que votaram fora de sua zona eleitoral, a Justiça começou uma nova apuração com os votos observados dando a vitória ao candidato da oposição.

Junto de Pou, foi eleita a primeira vice-presidente mulher na história do Uruguai,  Beatriz Argimón. A chapa de centro-direita quebrou a hegemonia da esquerda que estava à frente do país há 15 anos consecultivos.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Revista Veja