Peritos investigam de onde saiu descarga elétrica que fulminou moça na Praça da Bíblia no Paranoá

A imagem pode conter: 1 pessoa, céu e atividades ao ar livre

Peritos da polícia e técnicos da CEB examinando postes e alambrados na praça. No detalhe da foto, a jovem Thais Sibele, que morreu fulminada por descarga elétrica

Na manhã dessa segunda-feira, uma equipe de peritos do Instituto de Criminalística, da PCDF, e técnicos da CEB, inclusive um engenheiro da empresa, examinaram os postes de iluminação pública e alambrados de metal da praça da Bíblia, local onde na madrugada do sábado a jovem Thais Sibele morreu fulminada por descarga elétrica.
Foram examinados vários postes e instalações elétricas. Com aparelhos de medição, os técnicos da CEB realizaram testes, inclusive em postes próximos de quiosques da praça. Infelizmente, os postes de iluminação do local são de metal, condutor de eletricidade. Nas proximidades existe um parquinho infantil, também cercado por alambrado de metal. Thais teria recebido a descarga ao tocar no poste e no alambrado. Inclusive, os peritos retiraram a luminária de um dos postes e a levaram, acondicionada em saco plástico, para exame detalhado na sede do IC. Existe a suspeita que houve vazamento de corrente elétrica, um curto-circuito dentro da luminária. A partir da luminária, a energia teria se espalhado pelas partes de metal, tocadas pela vítima na ocasião da descarga.
Na ocasião, a descarga poderia ter matado outras pessoas. Será que houve descaso pelo poder público na morte da jovem Thais Sibele?
A FAMÍLIA – A família de Thais Sibele, que morava na Quadra 327 do Del Lago, através de advogado, vai acionar a Justiça com ação de reparação de danos e indenização. Thais deixou órfão o filho Kaio, de 4 anos.

 

A foto seguinte mostra peritos da polícia examinando no chão a luminária retirada de um dos postes.

 

 

 

 

 

      A luminária foi levada para a sede do IC.

 

 

 

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Jornal Brasilia Norte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here