Pepa assumirá vaga na CLDF – ‘Êpa, Êpa, Êpa, chegou a vez do Pepa’

Distrital Iolando assume Secretaria dos Deficientes e 2º suplente assumirá vaga na CLDF

Quem assumirá a vaga na CLDF é o segundo suplente da coligação, Pedro Paulo de Oliveira (PSC), mais conhecido como Pepa

No lugar de Iolando, primeiro assume o Administrador de Vicente Pires, Pastor Daniel de Castro (PSC), que deverá ficar por apenas 15 dias, deixando a vaga, após esse período, para o segundo suplente, Peppa (PSC)

Ofuturo distrital Pepa é Subsecretário de Promoção e Difusão Cultural, da Secretaria de Cultura. Nas eleições de 2018, embora tenha recebido 10.048 votos, não conseguiu ser eleito. Com mais projeção, o representante de Planaltina terá quatro meses para mostrar serviço na CLDF.

O primeiro suplente, Daniel de Castro (PSC), é o atual administrador de Vicente Pires, uma das meninas dos olhos do governador Ibaneis

Para evitar problemas típicos da troca do comando, como interrupção de obras, Ibaneis pediu que Castro permaneça onde já está até o mês de outubro, quando está prevista a entrega das obras e infraestrutura da cidade.

“O direito é meu, como 1º suplente, mas tenho conversado muito com o governador sobre ficar para entregar as obras. Vou tomar posse, fico alguns dias e me licencio. Vou atender o governador, que é um pedido de muita responsabilidade”, disse Daniel.

O pedido do titular do Palácio do Buriti foi atendido e, durante encontro com o presidente da CLDF, Rafael Prudente (MDB), Castro comunicou a decisão: ele tomará posse para, em seguida, se licenciar para o retorno à administração.

O Secretário

Militar reformado da Força Aérea Brasileira (FAB), Iolando Almeida foi eleito deputado distrital em 2018. Ele é graduado em teologia e filosofia pela Universidade Católica de Brasília e atua junto às pessoas com deficiência há mais de 30 anos, sendo essa uma de suas principais bandeiras.

Um acidente de motocicleta fez com que Iolando perdesse os movimentos do braço direito, gerando uma deficiência permanente. Foi dele a iniciativa de criação da a União Brasileira de Pessoas com Deficiências (Ubrapod).

Em despedida na CLDF, o parlamentar agradeceu o apoio dos colegas e lembrou que há, no DF, cerca de 850 mil pessoas com algum tipo de deficiência. A aprovação da pasta foi comemorada por representantes de diversas entidades, que por quase cinco horas acompanharam a sessão, traduzida para a Língua Brasileiras de Sinais (Libras).

Após proclamar o resultado, o presidente da Casa, deputado Rafael Prudente (MDB), desejou sucesso ao deputado Iolando e afirmou que a nova pasta “começará pequena, mas tem tudo para se tornar uma grande Secretaria”.

Fotos: Web
Fonte: Blog do Helio Rosa com informações diversas