Mito ou verdade: quanto mais tempo durar, melhor a transa?

Pesquisas apontam que a realidade entre os casais não corresponde à expectativa criada sobre tempo de duração do sexo

Foto: Getty ImagesFOTO: GETTY IMAGES

Se te perguntassem, na sua opinião, quanto tempo uma boa transa deveria durar, o que você responderia? Este ano, o site de encontros Saucy Dates realizou uma pesquisa para saber qual era a expectativa em torno da duração ideal de uma relação sexual.

O resultado surpreendeu e comprovou que as pessoas imaginam um número bem alto. Entre homens e mulheres, os quatro mil entrevistados esperavam que o sexo durasse cerca de 25 minutos – e sem incluir as preliminares, ou seja, contando apenas penetração e ejaculação.

O resultado, porém, não deveria ser frustrante. Expectativas vêm carregadas de idealizações, o que não quer dizer que, na prática, um sexo mais curto não seja prazeroso. Ou mesmo que o rala e rola com mais de 20 minutos é sinônimo de gozadas sucessivas.

Vários fatores são levados em consideração para analisar a qualidade de uma transa, desde os mais diretos, como as preliminares e a química do casal, até os mais improváveis, como a temperatura do ambiente.

No fim das contas, especialistas apontam que o tempo, assim como o tamanho, não é documento para o sexo ser gostoso. Afinal, quem nunca deu aquela rapidinha mais memorável do que uma longa e planejada noite de amor? Foco na qualidade!
Fonte: Metropoles