Marcilene Lima, a candidata do CDDF a prefeita de Padre Bernardo

Nascida e crescida em Padre Bernardo. Filha de agricultores e neta do Zé Moreira, da Grota do Boi. Desde cedo, aprendeu que o trabalho era a melhor forma de vencer na vida.

Família de 8 irmãos e todos com muito orgulho de sua criação. As dificuldades que enfrentaram e preconceitos que superaram a fizeram uma mulher forte e destemida. Marcilene e seus irmãos, mesmo com toda dificuldade, conseguiram estudar e trabalhar. Como diz Marcilene:

“Não foi fácil, eu garanto, mas em 2002, consegui minha primeira graduação. Meu diploma em Recursos Humanos teve o peso de um troféu”.

Sempre acreditou que educação de qualidade e a informação são as grandes armas para transformar o mundo em um lugar melhor e, por isso, foi atrás de mais. Estudou e, graças a Deus, formou-se pela segunda vez: agora em Direito. Como toda mulher, também sempre sonhou em ter uma família. Hoje, com seu esposo e filho, percebe o quanto Deus foi generoso e o quanto devemos olhar para o próximo.

QUEM É
MARCILENE LIMA?

Atualmente, trabalho na Superintendência da Região Oeste, dentro do Conselho de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (CDDF), que abrange as cidades de Brazlândia, Samambaia, Sol Nascente/Pôr do Sol, Ceilândia, Águas Claras, Arniqueira/Areal/ADE, Vicente Pires e Taguatinga. CDDF é uma organização da sociedade civil e do Terceiro Setor. Sou muito feliz com o que faço, mas sei que posso e quero fazer muito mais.

Por causa da minha história de vida, das dificuldades que enfrentei desde pequena, da falta de oportunidades e, às vezes, até de comida, comecei a olhar para as pessoas e nossa cidade de forma diferente. Há anos faço trabalhos voluntários em causas sociais, mas chegou a hora de fazer mais.

Eu estudei, me preparei e me qualifiquei para fazer mais por PADRE BERNARDO. Hoje, sou candidata a prefeita pelo Cidadania, partido que me acolheu e que me deu possibilidades e liberdade para trabalhar em prol de melhorias para a população de nossa cidade. O vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota, tem me apoiado e, agora, preciso do apoio de vocês também.

O que eu mais quero, é ouvir a população, pois sei que para trabalhar pelas mudanças que Padre Bernardo precisa, precisamos seguir juntos. Se você acredita que nossa cidade pode mudar e avançar, te convido a vir comigo.

Eu sou Marcilene Lima, e o meu número é o 23.
Vamos juntos, fazer de nossa cidade, um lugar melhor para todos.

“Amigos e Conselheiros de Padre Bernardo o dia 15 de novembro está próximo. Por isso peço aos amigos para compartilhar com amigos e parentes a votarem Marcilene Lima 23 para prefeita. Vamos multiplicar para elegermos esta guerreira que representara muito bem e com dignidade o CDDF e a todos os eleitores de Padre Bernardo, na Prefeitura”, Eugênio Piedade, presidente do CDDF.

Fonte: http://egnews.com.br