Jovens do Itapoã terão apoio para serem “Super Empreendedores”

O projeto Super Empreendedores será uma aceledora de startups para jovens do ensino público

A abertura foi ontem (06/02), as 20 horas, no auditório da Coordenação Regional de Ensino do Itapoã/Paranoá com a presença de professores do ensino público e privado, empresários locais, autoridades governamentais, empreendedores sociais e conselheiros de desenvolvimento locais da região.

Uma mentoria para a valorização dos talentos dos jovens da CEF 01 do Itapoã será iniciada neste mês de fevereiro pelo Instituto LUMIART em Convênio com a Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do DF (SEJUS) e com a mobilização social do Conselho de Desenvolvimento do DF (CDDF).

A presença de apoiadores como o Presidente do CDDF, Eugênio Piedade, do vice Helio Rosa, do Coordenador da Regional de Ensino – Paranoá/Itapoã, professor Isac, da Subcomandante do Batalhão da região, TC Juscilene, do Presidente da OAB Seccional Paranoá/Itapoã, Dr. Alexandre e do Juvenal Araújo – Subsecretário de Politicas de Direitos Humanos e Igualdade Racial da SEJUS, e da representante do distrital, Luciana Holanda, Leandro Grass, autor da emenda parlamentar.

“Agradeço pelo envolvimento de todos neste projeto futurista, principalmente ao Secretário de Governo, José Humberto, pela sensibilização do financeiro”, disse o Presidente do CDDF Eugênio Piedade.

SUPER EMPREENDEDORES

O PROJETO

Implementação de um programa de fomento ao empreendedorismo, executável em 04 (quatro) meses (janeiro, fevereiro, março, abril), a partir de incubações de 02(dois) grupos de 20 jovens empreendedores, estudantes do Ensino Médio Público de 2 (duas) RAs do Distrito Federal, a saber: Itapoã e Sol Nascente. Os jovens serão selecionados por meio de redações, posteriormente contemplados com uma série de instrutorias e mentorias durante os meses letivos, seguidas da realização de uma feira para apresentação das propostas inovadoras ao mercado local.

No mês de janeiro a equipe do projeto trabalhou no pleito de parceiros, incluindo os comerciantes das RAs selecionadas. As tratativas vêm ocorrendo com sucesso e já sinalizaram positivamente o SEBRAE, CMEDF (Conselho da Mulher Empreendedora do DF), ACDF (Associação Comercial do DF), AJE (Associação de Jovens Empresários), Administrações Regionais das duas RAs, CRE (Coordenação Regionais de Ensino) e o CDDF (Conselho de Desenvolvimento do DF).

É relevante destacar a participação dos comerciantes no êxito do projeto. Será criado, sob responsabilidade do LUMIART, um Fundo destinado ao apoio dos projetos selecionados. Os comerciantes poderão conhecer cada projeto, bem como selecionar o projeto que mais tem o perfil a seu empreendimento durante a realização da feira.

Público Alvo

Alunos do segundo ano do Ensino Médio do sistema público de educação do Distrito Federal, residentes nas Regiões Administrativas da Itapoã e do Sol Nascente/Pôr do Sol (RA – IX), bem como a equipe pedagógica (educadores) de cada instituição responsável pelos jovens, entre professores e demais, com idade a partir de 15 anos.

Que tal financiar projetos inovadores que ajudarão a sua empresa a crescer?
E você, jovem de atitude, já pensou em ser o autor desse projeto que pode virar um negócio próprio e te gerar renda?
Por meio de pesquisas sobre a necessidade da sua comunidade e das intenções de jovens em escolas púbicas, serão selecionados projetos que passarão por mentorias com profissionais especializados, e depois apresentados em uma feira de negócios para que os empresários possam escolher as ideias mais compatíveis com suas áreas de atuação e os anseios população local, a fim de financiar novos empreendimentos comerciais geridos por esses adolescentes.
Tudo isso vai gerar emprego na comunidade, e renda para você, jovem empreendedor, e para você, empresário inovador!

OPÇÃO 2

Financiar projetos inovadores podem ajudar a sua empresa a crescer!
Jovens de atitude podem fazer as suas ideias se transformarem em negócios próprios que lhes gerem renda!
Pesquisas sobre a necessidade da sua comunidade e das intenções de jovens em escolas púbicas ajudarão a selecionar projetos que passarão por mentorias com profissionais especializados, e depois apresentados em uma feira de negócios para que os empresários possam escolher as ideias mais compatíveis com suas áreas de atuação e os anseios população local, a fim de financiar novos empreendimentos comerciais geridos por esses adolescentes.

Este é o SUPER EMPREENDEDORES, um programa que vai gerar emprego na comunidade, renda para o jovem empreendedor e ampliação comercial para o empresário parceiro!

Publicação: http://egnews.com.br

Fonte: BSBTimes