Dentista nasce de novo, elevador despenca do 15º andar

Elevador com Dentista despenca do 15ª no Via Horizonte – Alphaville- DF

Na tarde do último domingo (3/11) no Condomínio Alphaville o elevador do bloco edifício Via Horizonte, despencou do 15ª com morador.

Foto: Redação A voz do Povo-DF

O dentista Brucce Wander Torrecillas proprietário do “Centro Clinico Sorriso” na cidade do Paranoá, pode dar graças a Deus por estar vivo, neste domingo passou por momentos de terror dentro do elevador do prédio onde mora no Condomínio Alphaville. Conforme relato do próprio, disse nunca ter passado por momentos de tanto terror ”

“Parecia um avião com turbulência, quando ouvi um estrondo e quando bati com a cabeça no teto pensei que não sairia com vida, no momento meu único pensamento voltou-se para minha família, minha mulher e meus filhos”, disse o dentista Brucce Torrecillas.

 

Foto: Redação A voz do Povo-DF

Na intenção de deslocar-se ao comércio onde iria buscar um lanche para seu filho Bruce lembra que após entrar no elevador no 15ª andar, ouviu um barulho muito alto, momento que o elevador entrou em queda livre, deu uma ricocheteada e depois freou com um barulho de ferro com ferro, achei ser algum dispositivo anti-queda, quando da parada do elevador entre o 4º e 3º andar e mesmo sentindo bastante dores na mão, no ombro e sem contar os vários hematomas, tive que ficar ainda esperando aproximadamente por 45 minutos para ser retirado do elevador. Estou com luxação na perna esquerda e com muita dor no braço direito mas, muito agradecido a Deus por me dar mais essa oportunidade de dar continuidade a minha trajetória de vida. O importante é que estou vivo graças a Deus, disse Brucce.

Brucce Torrecillas conseguiu sair por uma pequena abertura de mais ou menos 40 centímetros entre o 4º e o 3º andar. Ao sair, mesmo em estado de choque, Brucce Torrecillas ao ver sua família, abraçou sua esposa e seus filhos por um bom tempo e agradeceu a Deus pelo livramento.

Após o ocorrido, dirigiu-se para  a Delegacia e fazer ocorrência policial e de corpo de delito. A atual gestão administrativa do condomínio não permitiu que a empresa responsável pela manutenção do elevador fosse até o local antes que a pericia da Policia Civil fosse feita.

Os moradores estão apreensivos com o ocorrido e com medo que aconteça em outros elevadores. Até a ida da equipe de redação do Blog A Voz do Povo ao local do acidente, a Polícia Civil não tinha feito a perícia.

Fonte: http://egnews.com.br  

Com informações do Blog A voz do Pov o-DF