Caos invade cidade dos EUA após polícia matar homem

Minneapolis vive série de protestos e forte violência desde a última terça-feira

A morte de um homem durante uma abordagem policial em Minneapolis, nos Estados Unidos, criou um verdadeiro caos na cidade desde a noite da última terça-feira (26). Relatos de saques, violência e confronto entre manifestantes e policiais são registrados desde então.

A motivação das manifestações violentas é a morte de um homem identificado como George Floyd, que faleceu após um dos policiais ter forçado o joelho contra o seu pescoço durante um ato de imobilização.

Leia também1 EUA suspendem entrada de viajantes que saírem do Brasil
2 Estados Unidos irão doar mil respiradores ao Brasil
3 Trump autoriza reabertura imediata de templos religiosos
4 Trump investe R$ 6,7 bilhões por 300 milhões de doses de vacina
5 Diretor-geral da OMS diz que atenderá pedidos de Trump

A gravidade do fato fez autoridades se posicionarem, entre elas, o presidente dos EUA, Donald Trump, que disse já ter solicitado ao FBI que acelere a investigação do fato.

– A meu pedido, o FBI e o Departamento de Justiça já estão investigando a morte muito triste e trágica de George Floyd, em Minnesota. Pedi que essa investigação fosse acelerada e aprecio muito todo o trabalho realizado pela polícia local. Meu coração está com a família e os amigos de George. A justiça será feita! – escreveu em sua conta no Twitter.

O prefeito da cidade, Jacob Frey, anunciou na terça-feira (26) a demissão dos quatro policiais envolvidos na morte de Floyd e pediu a prisão do agente responsável pelo assassinato.

– Nas últimas 36 horas, lidei com uma pergunta fundamental: por que o homem que matou George Floyd não está na prisão? Se você ou eu tivéssemos feito isso, estaríamos atrás das grades agora – disse.

Em vídeos divulgados nas redes sociais, moradores locais registraram a situação gravíssima vivida na cidade desde o início dos protestos, em um deles, é possível ver diversos prédios em chamas.

Em outro registro, uma multidão de pessoas ataca viaturas policiais com pedras e conseguem quebrar os vidros do veículo, que recua diante da forte violência.

O CASO
A polícia de Minneapolis afirmou que a ocorrência envolvendo George Floyd iniciou por volta das 20h de segunda-feira (25), quando policiais foram chamados para averiguar um homem que estava tentando usar documentos falsos em um estabelecimento. Os policiais então encontraram Floyd, que parecia intoxicado, dentro de um veículo e ordenaram que ele saísse.

Policial manteve joelho sobre o pescoço de Floyd durante toda a abordagem Foto: Reprodução

O porta-voz da polícia, John Elder, informou que, após sair do carro, Floyd tentou resistir à abordagem policial e acabou sendo algemado. Segundo Elder, os agentes perceberam que o homem estava passando por problemas médicos.

Em vídeos publicados nas redes sociais, um policial aparece pressionando o joelho contra o pescoço de Floyd atrás de uma viatura enquanto permanece deitado de bruços no asfalto. Floyd geme repetidamente e diz que não consegue respirar.

George Floyd, homem que morreu durante abordagem Foto: Reprodução

Após cerca de cinco minutos, Floyd para de se mover e parece inconsciente. As pessoas da multidão pedem aos policiais que verifiquem o pulso de Floyd. O policial que permanece forçando o pescoço de Floyd não levanta o joelho até a equipe médica chegar, quando foi levado por uma ambulância ao hospital, onde foi confirmada a morte.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Pleno.News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here