Baleada pelo ex, jovem “ressuscita” após morte cerebral atestada

Os aparelhos que mantinham Karina viva estavam prestes a serem desligados. Foi quando seu pai fez uma oração

Reprodução/Facebook

REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Baleada pelo ex-namorado por se recusar a reatar o relacionamento, Karina Souto Rocha, 29 anos, teve a morte cerebral constatada, mas reagiu no momento em que os aparelhos seriam desligados.

Karina estava internada no Hospital Municipal de Barra do Garças, a 520 quilômetros de Cuiabá (MT). Nessa segunda-feira (04/02/2020), após a ordem de desligamento, uma enfermeira entrou no quarto e viu a paciente mexer a mão.

Leia a reportagem completa no O Livre, parceiro do Metrópoles.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Metropoles