Brasil aumenta diagnóstico e tratamento para o HIV

Novo levantamento indica que, desde 2012, o número de pessoas diagnosticadas com a doença aumentou 18%, e o acesso ao tratamento, 15%.

 

cama materia relatorio clinicoTambém se observou redução da circulação do vírus no sangue dos tratados, indicando sucesso do tratamento ofertado no SUS.

O aumento do diagnóstico entre as pessoas que vivem com HIV e a ampliação do número de pessoas em tratamento são os destaques do Relatório de Monitoramento Clínico do HIV lançado nesta quinta-feira (23) pelo Ministério da Saúde. O documento demonstra o avanço do país no alcance das metas 90-90-90, no período de 2012 a 2016. De acordo com o documento, estima-se que, em 2016, aproximadamente 830 mil pessoas viviam com HIV no país; dessas, 694 mil (84%) diagnosticadas; 655 mil (79%) vinculadas a algum serviço de saúde; e 563 mil (68%) retidas nos serviços.

Fonte: Ministério da Saúde