23.2 C
Brasília, BR
quarta-feira, abril 1, 2020

Jon Jones vai cumprir um ano de liberdade condicional por dirigir bêbado

Jon Jones vai cumprir um ano de liberdade condicional por dirigir ...

Jon Jones, campeão dos meio-pesados do UFC, se declarou culpado por dirigir bêbado na cidade de Albuquerque, no Novo México. O norte-americano foi detido no última quinta-feira sob efeito de bebida alcoólica, uso negligente de arma de fogo, posse de garrafa de bebida e ausência de documentação. Ele foi solto após pagamento de fiança.

De acordo com os registros judiciais, o lutador de 32 anos chegou a um acordo com as autoridades e foi condenado a um ano de liberdade condicional. Jones terá de usar uma tornozeleira, cumprir tratamento ambulatorial de no mínimo 90 dias, além de pagamento de multa e 96 horas num programa de custódia comunitário.

Parte do acordo judicial retira as outras acusações de Jones, como a posse de arma. Em uma declaração, o lutador chegou a pedir desculpas. “Aceito total responsabilidade por minhas ações e sei que tenho alguns trabalhos a fazer, que envolve a relação doentia que tenho com álcool.”

Na semana passada, Jones foi encontrado em seu carro, que estava ligado, com uma arma debaixo do banco do motorista e uma garrafa pela metade de bebida alcoólica no banco traseiro. Submetido ao teste do bafômetro, o lutador apresentava duas vezes a quantidade de álcool permitida por lei.

Vale lembrar que o lutador soma problemas com a polícia desde 2012, quando, bêbado, bateu seu carro em um poste em Binghamton. Em 2015, ultrapassou o sinal vermelho e colidiu com dois carros. No acidente, uma mulher grávida morreu. Jones se apresentou à polícia e foi condenado a 18 meses de prisão domiciliar. Ano passado, ele foi detido após molestar uma dançarina em uma casa noturna também em Albuquerque.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: IstoÉ

Vasco, Fla, Flu e Botafogo se unem em ação por doações para combater covid-19

Os quatro principais clubes do futebol do Rio – Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco – se uniram em uma campanha para ajudar no combate à disseminação do coronavírus. A iniciativa é denominada “Contra a Covid-19 é torcida única” e buscará arrecadar recursos para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O torcedor interessado em ajudar a Fiocruz financeiramente no combate e em tratamentos contra a doença deve acessar o site www.futebolxcovid19.com.br, selecionar o seu clube, fazer o cadastro e escolher o valor que deseja doar. Além disso, no portal da campanha, será possível acompanhar a evolução das doações.

Com os valores arrecadados, a Fiocruz poderá auxiliar no combate e tratamento do novo coronavírus, em ações como produção de kits para diagnóstico, atendimento a pessoas com casos graves, no Centro Hospitalar para a Pandemia de Covid-19 – Instituto Nacional de Infectologia, que está sendo construído na sede fundação, apoio comunitário e pesquisas que colaborem com o combate à doença e cuidado aos pacientes.

“É extremamente apropriado usar o potencial de marcas tão fortes para uma mobilização em prol da ciência e do bem-estar coletivo. A nossa Nação Rubro-Negra está convidada a aderir a essa ação nobre e de causa humanitária. Unidos daremos a volta por cima”, disse Rodolfo Landim, presidente do Flamengo.

O mandatário do Botafogo, Nelson Mufarrej, convocou a torcida do clube a participar da ação. “Essa iniciativa é bastante representativa nesse momento difícil e o futebol carioca promove uma corrente que vai cuidar do próximo e salvar vidas. O Botafogo conta com a participação dos seus torcedores e reitera a importância da união com Flamengo, Fluminense e Vasco para mitigar a propagação da Covid-19. A rivalidade só existe dentro de campo”, declarou.

Presidente do Fluminense, Mario Bittencourt ressaltou a importância da iniciativa conjunta dos clubes. “Vivemos um cenário social bastante grave e todo apoio é mais do que bem-vindo. A sociedade precisa dessa ajuda e o Fluminense, em conjunto com os coirmãos, finca a sua bandeira e convoca os tricolores para multiplicar essa ideia. Juntos podemos fazer a diferença”, pontuou o dirigente.

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, destacou a importância da participação dos clubes em ações de cunho social. “É uma ação prioritária e o tempo urge. Entendemos a nossa responsabilidade social e estamos sempre buscando alternativas para ajudar a enfrentar essa crítica situação. O Vasco ressalta a grandeza do futebol do Rio ao se unir pela causa”, comentou.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: IstoÉ

“Inventaram essa história”, diz Pelé ao negar depressão

Ex-jogador afirmou que não gostaria de estar debilitado, mas nega estar deprimido

Edinho havia falado de estado emocional do pai, mas depois negou que ele estivesse com depressão Foto: Reprodução

Ainda com limitações para andar, Pelé voltou a negar que esteja com depressão e disse estar bem de saúde. À CNN Brasil, o tricampeão mundial com a Seleção Brasileira disse apenas que preferia ter chegado à entrevista sem o auxílio de um andador.

– Inventaram que eu estou deprimido, mas não é verdade – disse o ex-jogador de 79 anos.

Seu filho Edinho chegou a dizer, em entrevista recente, que o pai estava “bastante fragilizado em relação à mobilidade” e que esse problema estava causando “certa depressão”. Pelé, que já havia negado o quadro de depressão, reafirmou seu estado de saúde e falou também sobre assuntos, como futebol, infância e racismo.

Questionado sobre o time pelo qual torcia quando garoto, o ex-atleta mostrou simpatia pelo centenário Bauro Atlético Clube, do interior paulista. E admitiu mais uma vez alguma relação com o Corinthians, equipe que tanto castigou com a camisa do Santos.

– Meu irmão era palmeirense. Nós jogávamos botão juntos, e eu ficava com o Corinthians. E sempre perdi. Mas eu dizia: meu time é o BAC (Bauru), e meu time de botão é o Corinthians – contou.

Pelé foi questionado ainda sobre o título da Copa Rio, conquistado pelo Palmeiras em 1951 e tratado por seus torcedores como um Mundial. O rei do futebol não concorda com eles.

– Não é um campeonato mundial. Não era um torneio como os torneios disputados hoje, como os que o Santos ganhou – comparou.

O craque falou ainda sobre racismo e apontou que “nada mudou” desde seus tempos de jogador. Segundo ele, a diferença é que agora a imprensa começou a “repercutir, denunciar”.

*Folhapress

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Pleno.News

Com jogos parados, clubes se movimentam nos bastidores e fecham negociações

Resultado de imagem para troca troca de jogadores entre clubes  no futebol brasileiro

Os campeonatos de futebol estão paralisados no Brasil por causa da pandemia do novo coronavírus, denominado Covid-19. Isso não quer dizer, porém, que os clubes não se movimentam nos bastidores para fechar negociações. Nos últimos dias, diversas tratativas foram finalizadas no mercado nacional. Palmeiras, Atlético-MG, Ceará e Cruzeiro foram alguns dos que se movimentaram.

Em São Paulo, por exemplo, o Palmeiras anunciou a renovação de contrato de três jogadores do seu elenco. O meia Alan estendeu o seu vínculo até o final de 2023, enquanto que o lateral-esquerdo Lucas Esteves e o atacante Wesley prorrogaram até o fim de 2024.

As negociações realizadas neste período sem jogos também envolvem treinadores. Enderson Moreira deixou o Ceará e foi anunciado pelo Cruzeiro na última quarta-feira, três dias depois da demissão de Adilson Batista.

O Ceará, por sua vez, agiu rapidamente e contratou Guto Ferreira, que havia sido demitido do Sport em fevereiro. Outra negociação fechada pelo Ceará foi a renovação de contrato do goleiro Diogo Silva até o final deste ano – o antigo vínculo tinha vencimento em maio.

O mercado de técnicos também agita o Vasco. Após a saída de Abel Braga, o clube carioca busca um substituto para comandar a equipe. O diretor-executivo de futebol André Mazzuco disse que tem mantido conversas diárias com o presidente Alexandre Campello para achar o novo treinador.

“Temos conversado, pensamos em um perfil. Tem esse entendimento de alguém que traga conteúdo e torne o Vasco em uma equipe vencedora. Alguém que entregue algo que a gente ainda não conseguiu. Um jogo bem jogado, uma equipe consciente”, afirmou Mazzuco.

O Vasco também teve mudanças em sua diretoria. Na última quinta-feira, o clube anunciou três novos vices: José Luís Moreira para o comando do futebol, André Luiz Vieira para a pasta do patrimônio e Carlos Leão para as finanças.

O Atlético-MG é mais um que mexeu na diretoria. Ex-Palmeiras e Cruzeiro, Alexandre Mattos foi contratado para comandar o departamento de futebol e tem a missão de reforçar o elenco com os pedidos do técnico argentino Jorge Sampaoli. “Temos que buscar bem, detalhar de forma assertiva. Será feito com tranquilidade, dentro do momento do clube. Existem colocações que o treinador já fez, e vamos trabalhar de acordo com o que ele pediu”, afirmou Mattos, em sua apresentação na última terça-feira.

O time mineiro mudou também parte da comissão técnica. Deixaram o clube o auxiliar James Freitas, o preparador de goleiros Chiquinho, os observadores Bernardo Motta e Neguete, além dos seguranças Jorginho e Lúcio Fábio.

Voltando para jogadores, o Sport está perto de acertar a contratação do atacante Ronaldo, artilheiro do Santo André no Campeonato Paulista, com cinco gols marcados. O time do ABC tem a melhor campanha do Estadual, com 19 pontos. O vínculo do jogador é válido apenas até o final de abril e ele já tem um pré-contrato com o clube pernambucano.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: IstoÉ

Indy Munhoz morre em acidente motociclístico, em Goiânia

Indy Munhoz morre em acidente na primeira etapa do Goiás Superbike, em Goiânia

Piloto perdeu o controle e colidiu em uma curva; motocicleta caiu sobre ela

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A piloto Indy Munhoz, que participava da primeira etapa do Goiás Superbike, uma das mais tradicionais categorias do motociclismo goiano, faleceu ao perder o controle da motocicleta e colidir ao fazer uma curva, neste domingo (15), no Autódromo Internacional de Goiânia Ayrton Senna. A informação é de um amigo da família. Um ex-membro da Federação Goiana de Motociclismo confirmou o ocorrido e informou que a moto teria caído sobre a jovem, que vivia em Brasília.

Segundo a fonte do Mais Goiás, que pediu para não ser identificada, o irmão da moça, Kioman Munhoz deu a notícia. O informante afirmou, ainda, que o corpo da jovem estava sendo levado ao Hospital de Urgência de Goiânia (Hugo).

Conforme informado pela Federação Goiana de Motociclismo, via comunicado, a primeira etapa do evento ocorria sem a presença de público.

Segundo informações oficiais do Hugo, Indy Munhoz deu entrada na emergência do hospital em estado gravíssimo e foi encaminhada ao centro cirúrgico. Ela apresentava politrauma severo com múltiplas paradas cardiorespiratórias. Houve tentativa de reanimação por parte da equipe médica, mas sem sucesso. A morte da piloto ocorreu às 14 horas.

“DESGRAÇA NO MOTOCICLISMO ESPORTIVO. Indiana Kiiomi Muñoz Gomes, a indy Muñoz, 29 anos, incontáveis vitórias e títulos no Brasil e no Exterior, nos deixou agora há pouco em um acidente durante a etapa de abertura do Goiás Superbike. Dominicana de nascimento, brasileira de coração, campeã brasileira de wheeling, multicampeã brasiliense de motovelocidade, campeã das 100 Milhas de Interlagos, tricampeã da Copa Ninja 300, campeã da copa R3, contratada pela Honda para competir na Copa CB650R neste até agora doentio e desgraçado ano de 2020. Não sei detalhes, não adianta saber, foi um acidente.
Desolado eternamente” comentou o jornalista de motociclismo Fausto Macieira

Fonte: http://egnews.com.br  com informações do Mais Goiás

#TBT IstoÉ Gente: Relembre jogadores famosos que se envolveram em problemas com a polícia

Crédito: Reprodução Instagram

Além de mandarem muito bem dentro de campo, os jogadores de futebol precisam se preocupar com a preservação de seus nomes e evitar se envolver em polêmicas. Mas, na realidade, isso acaba não acontecendo. Nomes como NeymarAdriano ImperadorCristiano Ronaldo, entre outros, acabaram tendo que prestar depoimentos na polícia por se meterem em confusão fora dos gramados.

O fato de os atletas se envolverem em polêmicas com a Justiça pode sujar as imagens deles a ponto de não fecharem contratos com grandes times de futebol, perder campanhas publicitárias e o principal: ter a imagem riscada com os torcedores e fãs, com isso, ficando tachado para sempre por conta de um erro que cometeu.

Conversamos com Higor Gonçalves, jornalista especializado em personal branding (gestão estratégica de marca pessoal). Ele fez uma análise do impacto que polêmicas e escândalos causaram nos últimos anos na imagem de jogadores famosos. O #TBT da IstoÉ Gente desta semana listou alguns craques que  fazem parte desse grupo e foram parar na delegacia. Confira!

1) Ronaldinho Gaúcho
Um dos jogadores mais talentosos do mundo, Ronaldinho Gaúcho demostrou habilidade e genialidade, colecionando prêmios e títulos por onde passou. Mas, a sua história no futebol não foi marcada somente por glórias. Se envolveu em escândalos que abalaram a própria reputação, sendo o caso dos passaportes falsos apenas o mais recente deles. A vida noturna agitada do craque sempre comprometeu a sua imagem. Pelas equipes por onde passou, esse era um assunto explorado pela imprensa e pelos torcedores. Baladeiro de carteirinha, alguns treinadores, inclusive, chegaram a afirmar em público que as noitadas do atacante costumavam atrapalhar o seu rendimento em campo.

2) Neymar Jr.
Em 2019, perdeu R$277 milhões do seu valor de mercado após a controvérsia gerada pela acusação de estupro movida pela modelo Najila Trindade. A denúncia somada à lesão sofrida em fevereiro do mesmo ano no Paris Saint-Germain, e ao corte da seleção brasileira após se machucar em amistoso contra o Catar, também em 2019, fizeram com que o craque tivesse um decréscimo de mais 63 milhões de euros no ano passado. Total de perdas: aproximadamente R$ 660 milhões.

3) Adriano Imperador
O histórico de polêmicas é imenso. Os dramas pessoais viraram uma marca registrada na vida do atacante. Desde que começou a ser convocado de forma regular para a Seleção Brasileira, após a Copa América de 2004, o Imperador chamou mais atenção pelos problemas pessoais do que pelos gols que, por anos, fizeram dele um dos principais jogadores de futebol do mundo. Poderia ter capitalizado melhor o seu talento se tivesse domado os próprios demônios. A fama não fez bem para a vida e para a carreira de Adriano Imperador.

4) Cristiano Ronaldo
Em 2019, o craque da Juventus se livrou de uma acusação de estupro feita pela modelo norte-americana Katheryn Mayorga por, provavelmente, ter entrado em acordo extrajudicial com a suposta vítima. Nunca foi esclarecido se houve ou não um pacto entre as partes. Fontes afirmam, no entanto, que Cristiano Ronaldo pagou uma fortuna à modelo. Se safou porque era inocente, ou porque “comprou” o silêncio da vítima? A dúvida e a mancha em sua imagem e carreira sempre existirão.

Ainda segundo o personal branding, ter uma boa reputação é fundamental. “A boa reputação vale mais que grandes riquezas; desfrutar de boa estima vale mais que prata e ouro”, ensina o livro bíblico de Provérbios. A recomendação, porém, não é acatada por parte dos jogadores de futebol famosos. Para além do espetáculo que realizam dentro das quatro linhas, muitos também vivem financeiramente da imagem que projetam fora delas”.

“Há muito tempo, o culto à celebridade superou a poderosa indústria do futebol. É relativamente comum, nos dias de hoje, os atletas ganharem mais com patrocínios, campanhas publicitárias e posts no Instagram, do que necessariamente jogando bola. Eis a razão pela qual eles precisam cuidar de modo profissional da imagem que projetam. Quaisquer deslizes, dentro e fora de campo, podem não apenas arranhar a reputação, mas, principalmente, comprometer a conta bancária”, concluiu Higor Gonçalves, jornalista especializado em gestão estratégica de marca pessoal.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: IstoÉ

Presidente Campello se reúne com elenco para tentar amenizar a crise no Vasco

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, se reuniu com os principais jogadores do elenco, nesta terça-feira à tarde, antes do treino, no CT do Almirante. A intenção do dirigente foi amenizar a crise instalada no clube. Por segurança, uma viatura do BEPE (Batalhão Especializado em Policiamento em Estádios), com quatro policiais, se juntou aos seguranças do clube, mas nenhuma ocorrência foi registrada.

Os jogadores ainda não receberam os salários de dezembro e janeiro, além dos direitos de imagem desde setembro. As férias e uma parcela do 13.º também não foram depositadas. Há três semanas, os atletas deixaram de dar entrevistas após os treinos e também depois das partidas.

Apesar do descontentamento com a situação, o time está classificado para a terceira fase da Copa do Brasil, quando vai enfrentar o Goiás (jogo de ida nesta quinta-feira, no Maracanã, às 21h30) e também para a segunda fase da Copa Sul-Americana.

Já o desempenho no Carioca é sofrível. Após eliminação precoce na Taça Guanabara, ao ser eliminado antes das semifinais, o time do técnico Abel Braga soma dois empates (Resende e Volta Redonda) nas duas primeiras rodadas da Taça Rio.

Depois do jogo com o Goiás, o Vasco volta a campo no domingo, quando terá pela frente o clássico com o Fluminense. Um novo resultado desfavorável pode deixar a equipe em péssimas condições no Estadual.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: IstoÉ

Vasco vence ABC, avança à terceira fase da Copa do Brasil

Crédito: Divulgação/Vasco

Vasco vence ABC-RN (Crédito: Divulgação/Vasco)

Com um gol do argentino German Cano, o Vasco avançou para a terceira fase da Copa do Brasil na noite desta quinta-feira, ao ganhar do ABC, por 1 a 0, no Maracanã. Mas nem isso diminuiu a pressão em cima de Abel Braga. Após o apito final, mais de 30 mil torcedores trocaram a comemoração da classificação pelas vaias e críticas direcionadas ao treinador.

Além de embolsar R$ 1,5 milhão pela classificação, o Vasco vai enfrentar o Goiás na terceira fase. Em sorteio realizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ficou definido que o primeiro jogo será disputado no Rio e a volta em Goiânia.

Pressionado por conta do início ruim de temporada, o Vasco entrou em campo disposto a marcar um gol logo para acalmar os ânimos. Logo aos oito, Raul tabelou com Cano e finalizou com perigo. Depois foi a vez do atacante assustar em cabeçada para fora.

O time carioca procurava marcar em cima e não deixava o ABC respirar. Aos 24, Guarín recebeu de Vinícius e soltou a bomba. Rafael se esticou todo e, com as pontas dos dedos, espalmou para escanteio. O lance levantou a torcida no Maracanã.

Na única chegada do ABC, aos 36, Bruno Souza cruzou e a bola sobrou para Cedric. Mesmo livre de marcação, o meia bateu mal e perdeu boa oportunidade. Nos minutos finais, a torcida vascaína, que apoiou até então, esboçou as primeiras vaias ao time de Abel Braga.

O segundo tempo começou em ritmo alucinante. Logo no primeiro minuto, Guarín, na marca do pênalti, mandou de primeira para fora. Depois foi a vez de Marrony desperdiçar uma boa oportunidade. A melhor delas, porém, foi criada pelo ABC.

Aos cinco minutos, Igor Goularte cruzou rasteiro e Paulo Sérgio, com o gol aberto e dentro da pequena área, mandou no travessão. Depois do susto, o Maracanã explodiu de alegria aos 15.

Marrony cruzou rasteiro e Cano mostrou oportunismo para completar. A partida ficou aberta, com o ABC buscando o empate para levar a decisão para os pênaltis e o Vasco tendo espaço para o contra-ataque.

Nos acréscimos, Jaílson foi travado por Werley na hora da finalização. Depois, no último lance do jogo, a bola foi cruzada para a área, ninguém desviou e Fernando Henrique espalmou.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 0 ABC

VASCO – Fernando Miguel; Yago Pikachu, Werley, Leandro Castán e Henrique; Andrey, Raul (Bruno Gomes) e Fred Guarín (Marcos Júnior); Vinícius (Juninho), German Cano e Marrony. Técnico: Abel Braga.

ABC – Rafael; Bruno Souza, Joécio, Vinicius Leandro e Marlon (Wesley Dias); Felipe Manoel, Cedric, Jailson, João Paulo e Berguinho (Igor Goularte); Paulo Sérgio. Técnico: Francisco Diá.

GOL – Cano, aos 15 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

CARTÕES AMARELOS – Yago Pikachu e Raul (Vasco); João Paulo, Felipe Manoel e Vinícius Leandro (ABC).

RENDA – R$ 1.117.032,00.

PÚBLICO – 29.903 pagantes (31.839 total).

LOCAL – Maracanã.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: IstoÉ

Com três de Gabriel, time misto do Flamengo goleia Cabofriense

Vencedor da Taça Guanabara, o Flamengo será campeão estadual sem a necessidade de uma decisão caso também conquiste a Taça Rio

Alexandre Vidal/CRF
ALEXANDRE VIDAL/CRF

O Flamengo escalou apenas dois titulares para enfrentar a Cabofriense, no Maracanã, neste sábado (29/02/2020). E foi o suficiente, até porque um deles, Gabriel, decidiu o jogo. O artilheiro marcou três gols na vitória por 4 x 1 dos rubro-negros sobre a equipe de Cabo Frio, na rodada de abertura da Taça Rio – segundo turno do Campeonato Carioca.

Vencedor da Taça Guanabara (primeiro turno), o Flamengo será campeão estadual sem a necessidade de uma decisão caso também conquiste a Taça Rio – a menos que um outro clube tenha mais pontos na soma dos dois turnos, o que é bem pouco provável.

Mesmo diante de um Flamengo que tinha Gabriel e Willian Arão como seus únicos titulares em campo, a Cabofriense pisou no gramado do Maracanã para se defender. A ideia era fazer o ataque rubro-negro se chocar contra um muro, mas não demorou para aparecer um buraco nele. O time de Cabo Frio (que foi mandante no Maracanã) perdeu a bola no meio do campo, aos 12 minutos, e o ataque flamenguista avançou em alta velocidade. Pedro Rocha lançou Gabriel e o goleador deixou Michael com o gol aberto, bastando empurrar a bola para a rede. Foi o primeiro tento do ex-jogador do Goiás em seu novo clube.

A Cabofriense foi valente e não desmoronou após levar o gol. Tanto que empatou a partida ainda na primeira etapa, aos 23 minutos, com um chute de fora da área de Gama.

O Flamengo, porém, era o dono do jogo e foi só por detalhes que não marcou mais gols no primeiro tempo. Mas a Cabofriense sabia que seria difícil suportar a pressão até o fim da partida, até porque Gabriel estava com fome de gol. E foram três na etapa final: aos 18, após receber um bom passe de Michael; aos 31, depois de uma ótima trama que envolveu Michael e Diego; e aos 43, com um belíssimo chute de fora da área.

O atacante revelado pelo Santos assumiu a artilharia do Carioca, com sete gols, um a mais do que João Carlos, do Volta Redonda. Nada mal para quem não participou das primeiras rodadas da competição porque ainda estava de férias. Gabriel foi o principal goleador das duas últimas edições do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores do ano passado.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Metropoles

CBF divulga tabela do Brasileirão 2020 com clássicos na 1ª rodada

O atual campeão, Flamengo, enfrenta o Atlético-MG na estreia. Palmeiras e Vasco duelam em São Paulo na abertura

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou nesta quinta-feira (27/02/2020) a tabela detalhada do Campeonato Brasileiro 2020. Os destaques da primeira rodada são os clássicos nacionais envolvendo Flamengo x Atlético-MG e Palmeiras x Vasco.

REPRODUÇÃO/TWITTERREPRODUÇÃO/TWITTERReprodução/Twitter
Jogos da primeira rodada do Brasileirão 2020

Confira todos os jogos de cada clube do Brasileirão Série A 2020:

Atlético-MG

Atlético-GO

Botafogo

Ceará

Coritiba

Flamengo

Fortaleza

Goiás

Internacional

Palmeiras

Red Bull Bragantino

Santos

São Paulo

Sport

Vasco da Gama

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Metropoles