25.1 C
Brasília, BR
terça-feira, janeiro 21, 2020

Brasiliense acusada de matar o namorado é presa, diz site

Crime ocorreu na última segunda-feira (20/1); segundo imprensa local, vítima também era do Brasil


(foto: Reprodução/TV Globo)
(foto: Reprodução/TV Globo)

A polícia de Portugal prendeu uma brasiliense de 32 anos suspeita de matar o namorado no país europeu. Segundo o portal G1, a família de Simara da Silva Santos confirmou a informação sobre a prisão. O crime ocorreu na cidade de Odivelas, ao arredores de Lisboa.

A vítima, um homem de 39 anos, também era brasileiro. Jornais locais apontam que o crime teria ocorrido após uma discussão do casal. Simara trabalhava como cuidadora de idosos em Portugal.

Ao G1, o Palácio do Itamaraty afirmou que ainda não registrou contatos de familiares de Simara até o momento.

O crime

Segundo a imprensa local, o crime teria ocorrido na madrugada desta segunda-feira (20/1), por volta das 0h30. Segundo informações preliminares, o homem morreu por conta de uma facada. O caso segue em investigação.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Metropoles

Corpo é encontrado no Parque da Cidade

Segundo informações preliminares, a vítima não apresentava marcas de violência e tinha entre 18 e 22 anos

Hugo Barreto/Metrópoles

HUGO BARRETO/METRÓPOLES

De acordo com os investigadores, um segurança do local conhecido como Castelinho viu um homem caído e acionou o Corpo de Bombeiros (CBMDF). Os militares chegaram à conclusão que o rapaz já estava morto e chamaram a Polícia Civil (PCDF).

Segundo os policiais, o homem pode ter sido vítima de overdose de drogas. Quem cuida do caso é a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

 

Postagem:http://egnews.com.br

Fonte: Metropoles

Vídeo: policial militar saca arma e agride motoboy no DF

Caso aconteceu na noite de domingo (19/01/2020) em Taguatinga. O caso está na 12ª Delegacia de Polícia

Reprodução

REPRODUÇÃO

As imagens mostram uma discussão entre os dois por causa da moto do profissional, que estava estacionada em local irregular. Em determinado momento, o motoboy dá sinal que usaria o celular para filmar a ação do agente de segurança, que reage agressivamente.

O PM tenta tirar o celular da mão do entregador, que levanta e se afasta. Logo após, o policial saca a arma e enfrenta o dono da moto, gritando. “Tira a moto daqui!”, ameaça.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informou, por meio de nota, que vai “analisar as imagens e verificar a situação”.
Veja as imagens:

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Metropoles

Em 48h, três roubos e uma morte ocorreram no centro de Brasília

Entre os casos mais graves, o de uma travesti assassinada a facadas na Asa Norte. Crime ocorreu na madrugada de sexta

Reprodução/Vídeo

REPRODUÇÃO/VÍDEO

A polícia registrou pelo menos quatro casos de violência em dois dias, entre a noite de quinta-feira (16/01/2020) e o início da noite deste sábado (18/01/2020), no centro da capital. Teve morte, roubos e tentativa de assalto.

Asa Norte

A transexual Ana Clara Lima, ou Júlia, 36 anos, morreu após ser esfaqueada, na Asa Norte, na madrugada de sexta-feira (17/01/2020). Ela perdeu a vida a caminho do hospital.

Polícia Civil do DF (PCDF), por meio da 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), prendeu o suspeito de cometer o crime. O homem de 51 anos, conhecido como “Coruja”, foi detido em Águas Lindas (GO) neste sábado (18/01/2020).

Mulher assaltada

Também na manhã deste sábado, uma mulher de 37 anos foi agredida e roubada na 103 Sul. À polícia, ela contou que, por volta das 6h30, dois homens a abordaram enquanto ela caminhava no gramado da quadra.

Um dos criminosos deu um tapa no rosto da vítima e golpe no pescoço conhecido como “gravata”. O outro estava com um facão e, puxando o cabelo da mulher, revistou os bolsos dela e a obrigou a entregar os pertences.

A dupla fugiu rumo à L2 Sul e a mulher seguiu para o Instituto de Medicina Legal (IML) para exame de corpo de delito. A 5ª DP (área central) investiga o crime.

Setor Bancário Sul

Um jovem de 21 anos foi esfaqueado no Setor Bancário Sul na madrugada deste sábado. Por volta das 3h, Gabriel Luiz dos Santos acabou atingido por uma faca na perna direita após reagir a uma tentativa de assalto na saída de um bar.

Os bandidos também agrediram o irmão dele. O Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) levou Santos ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran) consciente e estável.

Na noite de quinta-feira (16/01/2020), um casal de turistas estrangeiros foi agredido durante roubo no Setor Bancário Sul.

Os homens subtraíram um celular, documentos, cartões de créditos e R$ 600. A mulher foi agredida e o homem, que recebeu golpes e coronhadas na cabeça, passou por atendimento no Hospital de Base do DF (HBDF).

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Metropoles

“Matei mesmo”, diz adolescente que confessou assassinato no DF

Jovem e namorado foram presos pelo assassinato de Edna Maria. Eles alegam vingança, mas PCDF não descarta a hipótese de feminicídio

Hugo Barreto/Metrópoles
HUGO BARRETO/METRÓPOLES

Na 32ª Delegacia de Polícia (Samambaia Sul), responsável pelas investigações, a menor de idade confessou ter matado a mulher com três facadas, que a atingiram no queixo, pescoço e barriga. “Matei mesmo e vou matar mais”, teria dito a adolescente aos agentes ao ser detida na Quadra 513 de Samambaia.

O motivo alegado para matar Edna pela adolescente seria o fato de ela ter comentado que a jovem e o namorado teriam sido os autores de um homicídio ocorrido no dia 17 de novembro de 2019, contra Fernando Bezerra, conhecido como Galego.

Segundo o delegado cartorário da 32ª DP, Daniel Monteiro, quando os agentes chegaram para atender a ocorrência, encontraram Edna nos braços do companheiro, que estava sentado no sofá de casa, aos prantos, segurando a mulher nos braços.

“Ao nos depararmos com aquela cena, nós o levamos para a delegacia para que ele esclarecesse o que havia acontecido ali. Suspeitamos inicialmente se tratar de feminicídio, mas encontramos o casal apontado como autores do crime e eles confessaram. Importante dizer que nenhuma hipótese está descartada”, disse o delegado.

Ainda segundo o delegado, o companheiro da adolescente que confessou ter desferido as facadas seria preso de qualquer forma, pois tinha um mandado de prisão em aberto conta ele por tráfico de drogas.

O casal suspeito vivia nas ruas de Samambaia e atuava como vigia de carros. A menina foi levada para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). O homem seguiu para a 32ª DP.
REPRODUÇÃO/INTERNETReprodução/Internet
Edna foi morta na terça-feira (14/01/2020)

A polícia quer saber se uma informação prestada pela família de Edna é verdadeira. Segundo parentes da vítima, ela estava separada do companheiro e tinha medo dele. Familiares o acusaram, inclusive, de mandar a adolescente que deu as facadas de atacar a mulher com uma pedra. O golpe, naquela ocasião, a teria atingido na perna.

Os parentes da mulher também não acreditam que ela tenha sido alvo de queima de arquivo, pois nunca teria mencionado quem seria o autor da morte de Galego. Também não consta nos registros da PCDF denúncia registrada por Edna informando que o casal teria praticado outro assassinato.

Fonte: Metropoles

Perseguição da PMDF tem até cavalo de pau e marcha à ré

Criminosos tentaram fugir dos policiais após roubo em residência. Uma família chegou a ser amarrada durante o assalto

PMDF/Divulgação

PMDF/DIVULGAÇÃO

Perseguição da PMDF tem até cavalo de pau e marcha à ré

Policiais militares da Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (Rotam) protagonizaram uma perseguição eletrizante na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia). Os criminosos tentaram fugir da Polícia Militar, nessa terça-feira (14/01/2020), após roubo em residência. Uma família chegou a ser amarrada pelos suspeitos durante o assalto.

Os três criminosos levaram objetos de valor, como televisão, bebidas, joias, dinheiro, além de um carro modelo Corolla. Um Fiat Sena foi usado pelo grupo para prestar apoio no crime.

A Rotam localizou o carro suspeito trafegando na Epia e deu início ao acompanhamento. A perseguição foi gravada por um dos policiais. Confira:

As imagens mostram os criminosos seguindo em alta velocidade, fazendo manobras arriscadas e, após colidir com um caminhão e rodar na pista, tentando escapar de marcha à ré. A perseguição só acaba quando o Fiat Sena bate em ao menos dois veículos na via.

Na casa dos detidos, além do veículo roubado, havia várias porções de crack e uma arma. Dois menores de idade foram encaminhados para a Delegacia da Criança e do Adolescente e o homem para a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

PMDF/DIVULGAÇÃOPMDF/DivulgaçãoObjetos recuperados pela PMDF

Postagem: http://egnews.com.br
F
onte: Metroploes

Mulher é morta a facadas em Samambaia

Mulher é morta a facadas no Distrito Federal

Testemunhas chegaram a acionar o Corpo de Bombeiros, mas vítima já estava morta quando o socorro chegou. Caso ocorreu em Samambaia

André Borges/Esp.Metrópoles

ANDRÉ BORGES/ESP.METRÓPOLES

Mulher é morta a facadas no Distrito Federal2:06

O assassinato teria ocorrido após uma discussão. Testemunhas chegaram a acionar o Corpo de Bombeiros para que a mulher pudesse ser socorrida e encaminhada ao hospital. Contudo, quando a equipe de salvamento chegou, apenas constataram o óbito no local.

Mais cedo, houve outro caso no DF: a jovem Gabrielly Miranda, 18 anos, foi morta pelo homem com quem se relacionava desde os 15.

Leonardo Pereira, 31, confessou o crime e disse à polícia que ambos estavam brincando de “roleta russa”. Na versão dele, a vítima teria apontado a arma contra a perna e acionado o gatilho. Em seguida, ele pegou o revólver, mirou na cabeça da jovem e disparou. Gabrielly morreu na hora.

Na delegacia, o homem mudou a versão que havia informado inicialmente. Em depoimento ao delegado adjunto da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia), Eduardo Escanhoela, Leonardo alegou ter saído para beber com a namorada na noite de segunda-feira e retornou para casa, na QR 425. Nessa oitiva, ele não entrou em detalhes sobre como ocorreu o disparo que matou a jovem.

Segundo o delegado, o autor iria se entregar após ter cometido o crime, mas voltou para casa e acionou o 190. “Leonardo contou ter ficado desesperado e pegou seu carro para se entregar na delegacia. Entretanto, a gasolina do carro acabou.”

O criminoso vai responder por feminicídio duplamente qualificado por motivo torpe contra a mulher e posse de arma, podendo pegar de 12 a 30 anos de pena. A audiência de custódia deve ocorrer nesta quarta-feira (15/01/2020), podendo ser convertida em liberdade provisória ou prisão preventiva.
Fonte: Metropoles

Mãe de jovem morta: “Falei para não se apaixonar por assassino”

Gabrielle Miranda levou um tiro do namorado, em Samambaia. Segundo a versão dele, o casal fazia um jogo de “roleta-russa”

Reprodução/Arquivo pessoal

REPRODUÇÃO/ARQUIVO PESSOAL

“Falei para não se apaixonar por assassino”

A mulher morta na manhã desta terça-feira (14/01/2020), vítima de um suposto jogo de roleta-russa, se chamava Gabrielle Miranda (foto em destaque). Ela tinha 18 anos, havia acabado de completar o ensino médio e se relacionava com o suspeito desde os 15 anos. O crime ocorreu em Samambaia.

A mãe da vítima, Ildenise, chegou ao local do crime bastante abalada. A mulher chorava muito, gritando não acreditar no que havia ocorrido com a filha. Ela mesma já teve um relacionamento com o autor do tiro, identificado como Leonardo Pereira.

“Falei para não se apaixonar por assassino. Ele tem que morrer, meu Deus!”, gritava, em desespero. “Não acredito que esse homem fez isso com a minha filha. A minha filha não, meu Deus! Ele acabou com a minha vida”, continuou.

Ildenise, ao chegar, mostrou uma foto da filha aos policiais para ter certeza de que ela era realmente a vítima. A mãe disse não acreditar na versão que Leonardo apresentou. E afirmou que o homem havia ameaçado ela e a filha de morte anteriomente.

“Um tiro na cabeça é acidente? Minha filha morreu, gente. Todo mundo tinha medo dele. A gente não fez um BO (boletim de ocorrência) porque quem faz BO para morrer? Ele chegou a me ameaçar e minha filha andava destruída”, contou Ildenise.

Versão

Na versão de Leonardo, o casal passou a madrugada bebendo e os dois resolveram fazer o jogo da roleta-russa. De acordo com o suspeito, a mulher realizou o primeiro acionamento do gatilho. Ela teria apontado para a própria perna, mas a arma não disparou.

Em seguida, ele apontou para cabeça da companheira e efetuou o disparo. A vítima morreu na hora. O revólver calibre .38 tinha três munições. A Polícia Militar (PMDF) prendeu o rapaz.

Leonardo e Gabrielle se relacionavam há cerca de três anos. Patricia Carvalho, 27, era amiga da vítima e afirma que o namorado batia na mulher constantemente, tanto em casa como na rua.

“Conheço ela (Gabrielle) e a mãe há mais de 15 anos. Ela era tranquila, não era de beber muito. Ela sofria demais na mão dele. O problema é que ela era apaixonada, mesmo ele sendo todo problemático. O meu sentimento é de raiva. Ele era um traficante que batia nela até na rua”, contou Patricia.

Leonardo Pereira tem passagem por violência doméstica, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, além de ter sido preso em flagrante. A Polícia Civil (PCDF) investiga o fato por meio da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia).

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Metropoles

Mulher é assassinada a facadas e tem cabeça degolada

Equipes dos Institutos de Criminalística e Médico Legal foram acionadas para periciar e recolher o corpo da vítima

ISTOCK

ISTOCK

No município de União dos Palmares, em Alagoas, uma mulher foi assassinada a facadas e teve a cabeça degolada na madrugada desta segunda-feira (13/01/2020) na Fazenda Frios, zona rural.

Segundo informações da Polícia Militar, equipes ainda estão no local auxiliando a Polícia Civil, que faz os primeiros levantamentos do crime.

Equipes dos Institutos de Criminalística e Médico Legal foram acionadas para periciar e recolher o corpo da vítima.

Ainda não há informações sobre o autor do crime e as motivações.
Fonte: Metropoles

Mecânico usa carro de cliente para fazer arrastão no DF

O homem contava com a ajuda de um comparsa para levar objetos de valor no interior de veículos estacionados no Setor de Clubes Sul

PMDF/Divulgação

PMDF/DIVULGAÇÃO

Para auxiliar na fuga, o suspeito afirmou aos PMs que usou o carro de um cliente da oficina em que trabalha.

Durante a abordagem aos criminosos, os policiais localizaram vários objetos furtados. A dupla foi conduzida à 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), onde foram autuados em flagrante por furto qualificado.

Ambos, segundo a corporação, tinham passagens por roubo, furto e posse ilegal de arma de fogo. Um deles tinha mandado de prisão em aberto. Várias vítimas compareceram à delegacia e reconheceram seus pertences.
Fonte: Metropoles