22.1 C
Brasília, BR
sábado, julho 11, 2020

O mundo parou! E agora?

Por: Dra Eunice Nóbrega Portela Psicanalista da Rede Living

Esse tem sido o comentário mais recorrente nos últimos 4 meses. Estamos passando por uma crise profunda em todos os setores. Não sabemos ao certo quais são as medidas mais eficazes que deverão ser adotadas. A situação é complexa, assustadora para os brasileiros e para a população mundial. No entanto, existe de fato um clima de medo que paralisou a rotina de todos criando a insegurança de muitos trabalhadores quanto a manutenção do seu emprego, do sustento da família e da sensação de fragilidade diante das vulnerabilidades. Não se trata apenas de grupos de risco de contaminação com o novo coronavírus. Trata-se, do mesmo modo, a situação de vulnerabilidades social que tende a agravar-se com a crise na saúde pública que afeta diretamente a economia e à segurança pública. Estamos alimentando e encubando outro vírus altamente destrutivo que pode afetar de forma incontrolável a vida das pessoas: o desemprego, a fome, a violência, o endividamento e a saúde mental. Hoje ouvi diversos pacientes com quadro de depressão, síndrome do pânico dentre outros transtornos psíquicos totalmente descompensadas, em crise diante da incerteza, do medo, da ociosidade, da falta de perspectivas. Não é tarefa fácil reunir essas queixas e voltar para casa como se nada estivesse acontecido. É fato o aumento das queixas de depressão, ansiedade, insônia, transtorno obsessivo compulsivo, pânico e apatia.

Estamos em processo de adoecimento mental acelerado, todos estão sentindo um mal-estar. Alguns demonstram irritabilidade, tristeza, insônia, ansiedade, medo ou outro sofrimento psicossomática que não é percebido ainda como um problema de saúde mental.
Vivemos várias guerras, crises, pandemias, epidemias. Foram momentos de grandes inquietações tais como as que estamos vivendo hoje. Se a situação atual é a mais grave não se sabe, existem divergências nesse quesito, inclusive, para a comunidade científica. Para alguns o vírus é letal e todos que contraírem a doença morreram, para outros, a situação requer cuidados mais existe tratamento. Para esses últimos cientistas algumas pessoas são contaminadas e não apresenta nenhum dos sintomas do Covid 19. Parece existir maior nível de comprometimento em idosos que tenham outras comorbidades . Esses infectados podem morrer em decorrência do agravamento da saúde e vir a falecer por outra comorbidade e não por causa exclusiva do coronavírus.
O SUS tem sido eficiente quanto aos protocolos de atendimentos adotados e condutas de tratamento. Existe mobilização dos governos para fortalecer o SUS no atendimento a pessoas infectadas pelo coronavírus. Do mesmo modo, alguns artistas doaram dinheiro para socorrer as ações e criar as condições necessárias para atendimento aos pacientes positivos sintomáticos. Previsões de colapso no sistema de saúde pública pode ter sido um alerta para criação e ampliação da capacidade de atendimento. Diferentemente da Itália, que foi atingida em massa pelo coronavírus sem tempo de planejamento de crise. O Brasil tem esse tempo, pois ainda não temos registros de colapso em nenhum estado da federação.
A fome, desemprego e a violência é um colapso que atingirá à população e poderá causar mais danos e até óbitos em grupos que entrarão em estado grave de vulnerabilidade social , fome, miséria, pobreza extrema e agravamento na saúde dessa população.
Resta saber quem vai matar mais. Essa é uma estatística só vai revelar a falta de união dos poderes. Em nome do bem nacional não cabe mais nenhum jogo político partidário. Não é momento para montar “ fantoches” é momento de unir forças, fazer a gestão eficaz da crise e todos são responsáveis por ela, afinal estamos no mesmo barco.
Está virando consenso entre membros da sociedade de que é melhor formar os equipamentos de proteção individual de proteção e combate ao vírus do que manter um salário para todos ficarem em casa. Proteger a população é algo bem mais amplo do que deixá-lo improdutivo. Apesar da opção do home office vale ressaltar que não é aplicável a todos os trabalhadores. Portanto, assistiremos o aumento do nível de estresse da população geradores de mal-estar. É importante pontuar o papel do desejo que está relacionado com a motivação do sujeito para o trabalho. Uma coisa é o sujeito não desejar trabalhar e outro ficar totalmente privado do seu desejo.
Educar para o combate é proteção ao vírus é mais viável do que desativar as engrenagens que colocam o Brasil em movimento.
Educar é, sobretudo, criar um novo padrão comportamental de responsabilidade e cuidado com a sua saúde e a do outro.
Essa é uma
Estratégia de enfrentamento da crise. No entanto, não passaremos por esse aprendizado sem sofrimento e algumas perdas, infelizmente. Preparar a população para proteger-se da contaminação pelo coronavírus pode ser melhor do que tirá-lo do mercado de trabalho.
Os grupos de riscos devem ser protegidos e ter garantia de sobrevivência e mantidos em segurança em seus lares. Os que precisam trabalhar redobrem os cuidados com o uso de máscaras, higienização das mãos e superfícies, mantenham a distância de 2 metros entre outras pessoas, mantenham o local arejado, limpo e a mente otimista de que breve tudo voltará ao normal.
Nós vamos vencer essa crise juntos.
Dra Eunice Nóbrega Portela
Psicanalista da Rede Living

Fonte: http://egnews.com.br

Acredite, o Brasil esta mudando, e para MELHOR tenha certeza

Com a chegada de Jair Bolsonaro à Presidência da República, o Brasil está mudando, novas cabeças para comandar o nosso país, novos empresários de sucesso, novos políticos com cabeça voltadas para a população, novos atores e não podemos deixar de citar os novos jornalistas e comentaristas políticos, que querem ver seu país sair deste caus em que vivemos hoje.

É muito ruim para o crescimento do país, ver jornalistas puxando sardinha para seu lado, sentindo acabarem as benesses volumosas, suas palestras a peso de ouro, etc… que faziam seu patrimônio só aumentar enquanto o trabalhador comum vendo a sua panela ficar mais vazia.

Hoje podemos citar alguns desses novos jornalistas como: Caio Coppola, Renata Barreto entre outros.

Venho aqui mostrar um desses belos jornalistas expressarem seu parecer sobre o novo Brasil, leiam o texto até o final, vale a pena.

Por Caio Coppola

Essa será minha última postagem sobre o momento em que vivemos. Por mais que eu tente, não conseguirei ser curto nas palavras, mas se você, assim como eu, deseja um Brasil melhor, creio que valerá ler até o final.

Sabemos que esse país é dominado por uma elite política que, trocam as cadeiras mas não trocam a corrupção.

Antes éramos roubados por Portugal e hoje, por essa elite maquiavélica. Não distribuem água no interior nordestino, não oferecem educação boa, inventam gastos e necessidades que sempre teve um único foco: manter o povo “preso” e devedor de favores para ganharem votos, além de não ter que enfrentar um povo estudado e inteligente.

Sempre foi assim e em nossas mentes, tinham os mocinhos e os bandidos.

PSDB e PT. Cada qual com seus aliados e com PMDB aliado de todos. Nada disso é novidade prá ninguém!

Muito bem, nos últimos anos, graças à Lava Jato encabeçada por Sérgio Fernando Moro, descobrimos o quanto éramos enganados.

Ambos partidos nasceram de anistiados e hoje entendemos o porquê eles fugiram. Todos safados. Todos metidos em sujeiras. Todos!

Aí aparece JAIR MESSIAS BOLSONARO que promete tirar os brasileiros do jugo dessa elite corrupta e, ou por acreditar nele ou por não haver outro que derrubasse o PT, ganhou as eleições.

Por incrível que pareça, não é que ele cumpriu com o que prometeu❓

Tem tentado limpar ministérios, universidades, estatais, renovar a forma de se fazer política nesse país, acabar com a corrupção, enfim, fazer o que todos nós sempre quisemos.

Nunca nossas estatais deram tanto lucro, nunca os políticos ladrões ficaram tanto tempo sem mamar, nunca tivemos ministros tão técnicos, nunca tivemos um governo sem nenhum escândalo de corrupção, nunca foi tentado moralizar tanto esse Brasil.

Acontece que concomitantemente a esse sucesso, os que faziam parte do sistema, passaram a atacar JAIR MESSIAS BOLSONARO dia e noite, tirando o foco das coisas boas desse governo, desviando a atenção para coisas banais.

Esse país sempre parou no Carnaval e Futebol. A política do pão e circus sempre funcionou que é uma beleza por aqui.

Mas agora, discutimos que JAIR MESSIAS BOLSONARO dá entrevista de havaianas, que ele fala demais, que ele não tem postura de presidente, que ele aceita todas as provocações, que ele é tudo, menos quem está colocando o país nos eixos.

Já pararam prá pensar nisso❓

Olha a força que essa mídia maldita tem!

Não vou aqui explicar que não recebem mais bilhões de reais em propaganda do governo e por isso, tentam derruba-lo.

Estamos carecas de saber disso. Então me pergunto: por que cargas d’água todos caem nessa❓

Continuando meu raciocínio, também não entendo uma coisa. Vamos dar nomes aos bois. O que acham desses nomes:

Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre, José Dirceu, Lula, José Rainha, Freixo, Levandowski, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, OAB, Fernando Haddad, Boulos, Ciro Gomes, Rui Falcão, Linderberg, Manuela D’ávila, Dilma, Celso de Melo, Alexandre de Moraes, Aécio Neves, Eliseu Padilha, Jean Willys, Gleise Hoffmann, Miriam Leitão, Joesley e Wesley Batista, Jacques Wagner, Eike Batista, Alexandre de Moraes e por aí vai… o que vcs acham deles❓

Confiariam tê-los em sua empresa em cargo de gerência❓

Sim ou não❓

Algum presta❓

Algum não possui serpente no lugar da língua aí❓

Algum te passa credibilidade❓

Ok… agora que você já pensou na resposta, pergunto: já parou prá pensar que toda essa escória é contra JAIR MESSIAS BOLSONARO❓

Ou não teve tempo de pensar porque o que JAIR MESSIAS BOLSONARO disse ontem, ridicularizado pela mídia, não deixou você pensar nisso❓

Vamos em frente, mais nomes:

João Dória, Wilson Witzel, Joice Hasselman, Lobão, Ronaldo Caiado, Alexandre Frota, Mandetta, MBL, Kim, Bebiano e mais alguns… o que possuem em comum❓

Sim, eram todos aliados de JAIR MESSIAS BOLSONARO e de repente, não apenas que não são mais, são ferrenhos adversários que a todo momento falam bem mal de JAIR MESSIAS BOLSONARO.

Sempre em disputas políticas, cada um vai pro seu lado. Por que cargas d’água esses não param nem por um segundo de meter bala❓

Não se trata aqui de briguinha. Não se trata aqui de amor ferido. Está claro que tentam enfraquecê-lo para ganhar uma vantagem, concordam❓

O que eles ganham com isso❓

Todos estes vira-casacas, uns mais, outros menos, usaram a figura de JAIR MESSIAS BOLSONARO para se eleger… e agora… continuam usando a figura de JAIR MESSIAS BOLSONARO para o que❓

Kkkkkkkkkkk mas vc nunca parou pra pensar nisso porque o Jornal Nacional mostrou a resposta “escabrosa” que Bolsonaro deu a um jornalista né❓

Vamos em frente… mais nomes:

Jarder Barbalho, Família Gomes, Família Sarney, Collor, FHC, Requião, todos conhecidos como caciques ou coronéis de seus estados e nós sabemos o porquê do apelido … verdadeiros Dons Corleones da máfia do poder… pergunto: de que lado estão❓

De Bolsonaro ou contra ele❓

Se sempre foram donos do poder e agora Bolsonaro não deixa mais fazerem conchavos, por que vocês acham que são contra ele❓

Já pensaram nisso ou a forma que a Folha inventa problemas no Planalto, dia sim e outro também, não te permitiu pensar❓

Agora meus amigos, somem todos esses nomes acima relacionados e através de um exercício de imaginação, coloque-os todos de um lado e do outro, coloque JAIR MESSIAS BOLSONARO e seus ministros técnicos.

Pronto❓Imaginou❓

Um lado essa corja, do outro, Bolsonaro e os técnicos… de que lado você ficaria❓

Responda prá você mas bemmmmm alto, responda!

Vocês entendem porque eu fiz questão de criar essas últimas três postagens❓

VOCÊS ESTÃO SENDO MANIPULADOS E O PIOR, AJUDAM ESSA CORJA QUANDO COMPARTILHAM AS MERDAS QUE ELES POSTAM!

Continuem o exercício de imaginação e coloque ao lado da corja, empresários como os donos da Odebrecht e JBS e do lado dos ministros técnicos, empresários como os donos da Técnica e da Havan.

E aí? Kkkkkkkkkkkkk já está envergonhado ou ainda não❓

Preciso citar: diga com quem andas e direi quem tu és, ou não precisa❓

ACORDAAAAAAAAA!!!!!!!

Bom, isso posto, chego na verdadeira intenção dessa postagem (ufaaaaaa):

Sem usar palavras como establishment ou status quo porque esses meus textos estão sendo compartilhados para pessoas que infelizmente não conhecem seu significado, vou tentar explicar de uma forma bem simples o momento que estamos vivendo:

Ao querer fazer desse país um lugar melhor, JAIR MESSIAS BOLSONARO está tampando os vazamentos da máquina Brasil, onde perdíamos muito dinheiro. A cada buraco tampado, uma equipe de conserto ficava sem sua boquinha. Em tempo, é bom esclarecer que nessa minha analogia, estas equipes nunca empregavam a melhor solução para consertar o Brasil e sim, formas de ludibriar que consertavam para continuar mamando dos vazamentos.

A cada buraco tampado, novas equipes perdiam sua boquinha até a hora que eles se reuniram e falaram: “gente, ou nós acabamos com esse cara, ou vamos ficar sem nossas mordomias. Pior, ou tiramos ele de lá, ou vão descobrir aqueles vazamentos que criamos e seremos presos”.

Gente, esse mecanismo está a todo vapor onde Globo, Folha, UOL, Leitão, blogueiros, todos os vira-casacas + caciques + empresários desonestos + oposição tentam salvar seus buracos.

E como farão isso❓

Inventarão um motivo para criar impeachment e pronto, por terem maioria no congresso, tiram JAIR MESSIAS BOLSONARO e meio caminho já está livre.

Ahhhhhh, mas seu vice é Hamilton Morão… o que fazer❓

Entraram no congresso para aprovarem uma lei que Hamilton Morão não possa assumir e sim, trocar por eleições indiretas, ou seja, eles próprios decidem quem será o novo presidente e pronto, tudo vira ao normal. O normal deles, claro!

Gente, não sou eu que estou inventando isso, basta darem um Google e vão achar farto material contando tim tim por tim tim.

Prá piorar, JAIR MESSIAS BOLSONARO apanha de tantos lados, todos os dias que perde a paciência e retruca desse jeito impulsivo dele e pronto, acaba alimentando esse ciclo vicioso. Simples assim!

Fiz questão de criar essa postagem, para tirar o maior número de amigos desse transe midiático ou informar os que não sabiam por que fico enlouquecido como não enxergam toda essa malandragem.

Quero antes, voltar ao assunto Sérgio Fernando Moro:

Já pararam prá pensar por que os filhos de Lula NUNCAAAAAAA foram investigados mas em contra partida, os filhos de JAIR MESSIAS BOLSONARO não podem dar um peido que já vira manchete em toda midia❓

Parem prá pensar só um minuto: vamos dizer que exista a tal da rachadinha❓

Quantos funcionários o deputado tem❓20❓

Vamos dizer que a média de salário seja R$ 5.000,00 mil e eles ficam com a metade❓

20×5/2= 50.000,00 mil por mês?

Caraaaacaaaaa, só o avião do filho do Lula custou R$ 50.000.000,00 milhões!!!!!!!!!

Acordemmmmm!!!! Porque Sérgio Fernando Moro nunca foi prá cima deles enquanto Ministro da Justiça❓

Está lotado de vídeos na internet mostrando terras na Argentina, Uruguai, Pará que dizem ser da Dilma e de Lula… por que a Polícia Federal não foi investigar❓

Alguém escuta sobre Aécio❓

Foi protegido por quem❓

Esse papo de fake news tão defendida pelo Juiz Sérgio Fernando Moro, agora usada por ele❓

O Ministro também dizia que não havia… agora há❓

Vejam a imagem abaixo como ele alterou seu twitt só prá adicionar isso. Vejam a imagem abaixo onde Joice Halsseman tirou os parlamentares do governo e colocou todos da oposição. E isso ainda enquanto aliada de JAIR MESSIAS BOLSONARO.

Vão dizer que ela saiu por causa do Eduardo❓

Façam-me o favor!!!!

Acorda gente, tudo premeditado!

Não tenho que ter o ônus dessas provas não. Só estou mostrando o que tem na internet sobre fatos. Quem tem que provar é quem posta mas para o ministério público, para a PF, para o Ministério da Justiça, tinham obrigação minimamente de ir investigar, não acham❓

O novo ministro mal chegou e olhem a outra imagem a resposta que deu pro reporterzinho de merda pau mandado Noblat!

Esse cara me representa!

Mal trocou o comando do ministério e da PF e a última testemunha viva (sim, se você não sabe as outras morreram de formas bem estranhas, tipo, queima de arquivo mesmo), hoje em seu depoimento já apontou Jean Willys como o mandante!

Sérgio Moro não teve tempo prá colher esse depoimento❓

A PF não teve❓Hã hã!

Alguém aqui fala das urnas eletrônicas❓

Todos viram Aécio tomar rasteira no tapetão pra Dilma e o que nunca desculpamos, vocês lembram❓

PSDB nem reagiu kkkkkkk ; tudo malandragem.

Quase JAIR MESSIAS BOLSONARO dança também nas últimas eleições, sabe-se lá Deus por quê não conseguiu.

Duvido que o PT teve aquele montante de votos. Os únicos países que ainda usam essa maldita urna é o Brasil e a Venezuela, puta país sinônimo de democracia, né❓

Dias Tóffoli nunca, se quer, conseguiu passar em exame pra juiz e, no entanto, hoje preside o STF… quem vocês acham que é o único que pode lutar contra vergonhas como essa❓

Gente, JAIR MESSIAS BOLSONARO pode não ser ideal mas é o único que decidiu lutar por nós contra esse mecanismo.

Se a gente não ficar do lado dele, somos nós que vamos tomar!

Toda a mídia tem levantado a lebre que JAIR MESSIAS BOLSONARO está se vendendo para o Centrão.

Claaaaaaaro que a mídia o colocou como um novo PT… óooobvio!

Estão com medo porque JAIR MESSIAS BOLSONARO assim adquire maioria no legislativo e tentam desesperadamente colocar a opinião pública contra isso.

Lembram que eles detém a maioria no legislativo❓

Se perderem o Centrão, ficam sem a lei que retira Mourão.

Puuuuuuuta estratégia inteligente de Bolsonaro.

Por falar em desespero, quando Mandetta foi exonerado, todos esses pilantras divulgaram notas.

Quando Sérgio Moro saiu, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre não abriram a boca!

Kkkkkkk sabem por quê❓

Porque após a coletiva do Sérgio Moro, a popularidade dele explodiu prá cima e a de JAIR MESSIAS BOLSONARO foi pra lama.

Confesso que até eu chamei JAIR MESSIAS BOLSONARO de burro. Após seu pronunciamento, quando ficou clara a trairagem e, principalmente, após Sérgio Moro liberar trechos de conversas pro Jornal Nacional o jogo reverteu totalmente e JAIR MESSIAS BOLSONARO explodiu pra cima e Sérgio Moro despencou!

Eles estavam comemorando e quando acordaram do transe, ficaram totalmente sem reação!

O povo está simmmm nas redes sociais. Entrem nos comentários desses safados e vejam quantas pessoas brigam, xingam e discutem com eles.

Escolham aleatoriamente alguns e vão visitar seus perfis… faço questão… são pessoas reais indignadas e não robôs.

Robôs é a desculpa usada por eles prá “provar” que não estão em baixa e com o apoio da mídia que não aborda sobre isso, fica por isso mesmo.

Essa invenção de que os Bolsonaristas criam fakes news é balela.

A maior fornecedora de fakes news é a própria mídia!

Hoje inventaram que empresários deixaram de apoiar JAIR MESSIAS BOLSONARO, imediatamente desmentido pelo dono da Havan.

Como ficamos sabendo dos feitos desse governo como a pavimentação de estrada iniciada há 40 anos atrás e nunca finalizada❓

Sabemos porque nós compartilhamos e não a mídia que informa.

Eles não só perderam bilhões em propaganda, também estão perdendo assinantes para as redes sociais.

Nos que compartilhamos nas redes sociais e levamos a informação adiante.

Entenderam❓

Querem inventar que somos robôs, que enviamos fake news e com isso, whatsApp passa a permitir somente 1 compartilhamento por vez.

Kkkkkkkkkkkkkk é tão claro todas essas medidas desesperadas para influenciar os brasileiros contra JAIR MESSIAS BOLSONARO … prá mim é tão claro isso tudo que fico admirado com amigos que compartilham essas merdas.

Ei… amigo… sabe o que você virou❓

Massa de manobra! Sabia disso❓

Virou um mero peão nesse jogo de xadrez imundo.

Ufaaaaaaa… acabei.

Cheguei aonde queria chegar com esse texto. Fiz o que achei certo (segui a voz de um homem honrado). Tento mostrar com fatos, imagens e explicação simplória o que está acontecendo bem abaixo de nossos narizes agora, amigo, é com você!

Ou apoia quem está nos defendendo, ou segue criticando seu jeito rude, infantil, improvisado e intempestivo de falar e aumenta as chances dessa corja voltarem.

Eu continuo preferindo um cara verdadeiro que não sabe falar a um ladrão campeão de oratória.

Como você pode ajudar JAIR MESSIAS BOLSONARO e a você mesmo contra essa corja toda❓

Simples, comece a postar que está a favor de JAIR MESSIAS BOLSONARO.

Pare de compartilhar Globo, folha, UOL, mesmo se a matéria for de cãezinhos adotados.

Nos vídeos dessa corja, dê deslike e principalmente, deixe de segui-los nas redes sociais. Todos eles! São perfis abertos. Se quiser saber algo, busque na lupa e leia. Mas não dê mais força a eles porque todos, absolutamente todos querem continuar mamar nas tetas do Brasil.

E comente abaixo que concorda (caso concorde mesmo), assim seus amigos também tomarão conhecimento dessa trama para voltarem ao poder e criamos assim uma corrente do bem.

PS: pode se sentir um bosta, eu deixo. Eu também votei em FHC, Joyce, Dória e também me sinto enganado e um merda.

Entendo você perfeitamente!

BRASIL ACIMA DE TUDO E DEUS ACIMA DE TODOS, O POVO BRASILEIRO FECHADO COM BOLSONARO, O PRESIDENTE DO BRASIL 🇧🇷!!!

Fechados Com Bolsonaro!!!

👇🏻👇🏻👇🏻
🇧🇷🗣#FechadosComBolsonaro🇧🇷

👇👇👇
#NaoVoteNoDem
#NaoVoteNoDemocratas
#NaoVoteNoPartidoDemocratas
#ForaMaia
#ForaAlcolumbre
.🇧🇷🇧🇷

#NaoVoteNoMBL
#ForaKim

#ForaJoice.
#NaoVoteNoPT

👇👇 👇🏻

#trumpebolsonarojuntoscombatemnaguerracontraviruschines

#FechadoComBolsonaro
#IAmWithBolsonaro
#EuEstouComBolsonaro
#PresidenteBolsonaroTemRazao

🔰Avante BRASIL!!!

#BolsonaroOrgulhandoOBrasil
#BolsonaropresidentedoBrasil
#Bolsonaro2022
#BolsonaroOrgulhodoBrasil
#somostodoslavajato
#lulanacadeia
#prisaoperpetua
#pacoteanticrime
#prisãosegundainstancia
#Naoaodesarmamento
#apoioaosmilitares
#BolsonaroTemRazao
#⁹BrasilAcimaDeTudo
#DeusAcimaDeTodos
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS.

Fonte: http://egnews.com.br

Renato Riela: Como disse, continuo acertando

Coluna do Riella – Revista Estados e Municípios

Tenho escrito pouco no Face, onde permanecem no ar as velhas discussões fora da realidade.
É um festival de insanidade em meio a uma pandemia.

Quero lembrar que, no dia 15, fiz um comentário que está mais vivo do que nunca, depois das últimas maluquices da política brasileira.

Disse há uma semana que Bolsonaro não cai (como eu sempre vinha dizendo).

Os malucos já pediam o impeachment do Bozo desde o primeiro mês de governo.

Os acontecimentos das últimas horas reforçam minha previsão de 16 meses. Não adianta chorar.

O cara deve ficar no Planalto e pode ganhar a eleição de 2022 em primeiro turno.

Bolsonaro escolheu ótima equipe, que no essencial está sendo mantida. E isso lhe garante solidez para se reeleger.

Além do mais, em meio a uma roubalheira monstruosa nessa pandemia, o governo do capitão completou 500 dias sem roubo.
Repetindo: 500 dias sem roubo.

A TV Globo dá um milhão de dólares a quem descobrir uma licitação fraudada, um desvio de dinheiro, um edital dirigido – até mesmo o roubo de uma caixa de fósforo no Palácio do Planalto.

Bolsonaro sofreu, desde o primeiro mês, a brutal sabotagem do Rodrigo Maia, em conluio com o STF.

São cerca de 20 Medidas Provisórias importantes que este deputado botafoguense deixou caducar.

Isso significa que essas MPs não foram votadas e nem enviadas ao Senado. Um verdadeiro crime de sabotagem a um governo eleito.

Continuo dizendo que não votei em Bolsonaro nem voto nele (votei em branco e creio que vou repetir). Mas é o que temos.

E mais: todos os concorrentes vão acabar este ano no lixo – igual a Globo.

Dória, Witzel, Ciro, aquele maluco do Maranhão, todos naufragaram nas suas péssimas intenções.

E Sérgio Moro é o novo Joaquim Barbosa. No futuro, será a nova Marina.

Na campanha de 2022, Bolsonaro nem precisará contratar equipe de vídeo.
A gravação liberada pelo moribundo Celso de Mello será a principal peça para tentar reeleger o Presidente.

(RENATO RIELLA)

Postagem: http://egnews.com.br

CODIV-19 e os crimes contra a honra

 

ENSAIO JURÍDICO n. 09/2020
CODIV-19 E OS CRIMES CONTRA A HONRA
Inicialmente, insta alertar que a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, em 11 de março de 2020, que a contaminação pelo Coronavírus, causador da COVID-19, caracteriza pandemia, ou seja, uma epidemia de doença infecciosa que se espalha entre a população localizada numa grande região geográfica como, por exemplo, um continente, ou mesmo em todo o Planeta.
Convém, ainda, esclarecer, nestas considerações introdutórias, que a pandemia de COVID-19 é uma doença respiratória aguda causada pelo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2), que, em resumo, se transmite por meio de gotículas de saliva, espirros, acessos de tosse, contato próximo e superfícies contaminada e pode ser considerada uma doença grave, considerando que não há registros de tratamento ou vacinas pelo mundo.
Assim, é de suma importância que a população da região que se encontra quase que em sua totalidade em isolamento social não dissemine informações não verdadeiras, equivocadas ou distorcidas da realidade ou mesmo informações verdadeiras que possam constranger a imagem de terceiros, em especial, pelo compartilhamento de mensagens
via aplicativos de mensagens instantâneas (locais de grande circulação de pessoas neste
momento), sendo esta uma via que facilita a divulgação.
Neste Ínterim, a conduta de divulgar a condição de portador do Vírus de qualquer pessoa, em tese, configura injúria praticada contra o portador da enfermidade infecciosa e o tipo penal estaria configurado se considerado o animus do agente em proceder com o constrangimento da vítima perante terceiros, ofendendo sua dignidade. Além disso, também em tese, tal conduta configura o tipo penal consistente na difamação, porquanto,
neste caso, há a constatação de uma dupla lesividade, eis que não é apenas uma lesão da honra subjetiva ou dignidade pessoal (art. 140 do CP – injúria), mas também da honra
objetiva ou reputação (art. 139 do CP – difamação), onde há a possibilidade de responsabilidade jurídico-penal ao agente autor do delito e as penas são de detenção de 1 a 6 meses, mais multa e de detenção de três meses a um ano de prisão e multa, respectivamente.
Vale ressaltar que a pena pode ser aumentada se a ofensa for praticada i) na presença de várias pessoas (doutrina à acima de 3 pessoas) ou por meio que facilite a divulgação; ii) via meios que facilitem a divulgação (ex: redes sociais); iii) contra maior de 60 ou deficiente, salvo na injúria, que quando dirigida a idoso é uma qualificadora presente no Estatuto do Idoso.
De outro lado, vale registrar, também, que o descumprimento de regras que visam proteger a incolumidade pública está sujeito à multa e outras medidas judiciais de emergência, em destaque porquanto são crimes contra a saúde pública propagar doenças (artigo 267 do Código Penal) e descumprir determinações do poder público para evitar propagação de doença contagiosas (artigo 268 do Código Penal). Se qualquer pessoa imputar a outra o fato definido nos tipos penas acima descritos, sabendo que a situação é falsa e não ocorreu, o caso melhor se amolda ao crime tipificado no código Penal como o delito de calúnia, sendo esta considerada a infração mais grave dos crimes contra a honra, pois praticada com vontade única exclusiva de alcançar seu objetivo de denegrir a imagem da vítima.
Todos os crimes contra a honra acima descritos são enfrentadas por meio de Queixa-Crime em Ação Penal Privada, ou seja, não há a intervenção da polícia judiciária, e sim, apenas a triangulação processual pelos órgãos que compõem o sistema justiça, isto é, o Advogado, o Ministério Público e o Judiciário.
O certo é que, em tempos de confinamento e enfrentamento ao COVID-19, necessitamos da atualização legislativa Federal em face daquele que discrimina, divulga o resultado dos exames sem autorização e constrange terceiros perante a sociedade, pois, ao que parece, o melhor assento do tipo penal deve figurar junto a Lei n. 12.984, de 2 junho de 2014, que define o crime de discriminação dos portadores do vírus da imunodeficiência humana (HIV) e doentes de AIDS, considerando que, ao meu ver, o tipo penal deveria ser constar em um dos seus incisos a questão de divulgar a condição do portador de moléstia grave com intuito de ofender-lhe a dignidade, dando-lhe, também, a condição de ação penal Privada para inauguração a persecução penal e sua ação sancionadora do Estado.
Brasilia (DF), 25 de março de 2020.
Paulo Alexandre é advogado
Endereço eletrônico: pauloalexsil@gmail.com

Postagem: http://egnews.com.br

Hoje dia 20 é comemorado o Dia da Consciência Negra você sabia?

Dia da Consciência Negra

O Brasil é Negro
O dia da consciência negra surgiu para lembrar o quanto os negros sofreram, desde a colonização do Brasil, suas lutas, suas conquistas. Mas também serve para homenagear aqueles que lutaram pelos direitos da raça e seus principais feitos.

O dia 20 de Novembro foi escolhido como uma homenagem a Zumbi dos Palmares, data na qual morreu, lutando pela liberdade do seu povo no Brasil, em 1695. Zumbi, l�der do Quilombo dos Palmares, foi um personagem que dedicou a sua vida lutando contra a escravatura no período do Brasil Colonial, onde os escravos começaram a ser introduzidos por volta de 1594. Um quilombo é uma região que tinha como função lutar contra as doutrinas escravistas e também de conservar elementos da cultura africana no Brasil.

Resultado de imagem para nelson mandela

“Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.”
Nelson Mandela

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

 

“Que se comemore o amor, a união,a tolerância e acima de tudo a presença de Deus sobre todos os homens.
Que seja hoje o dia do amor e não da cor da pele”.
Socorro Assis
Analista política e em políticas públicas 

 

 

“Infelizmente a sociedade ainda não se libertou por completo do pensamento que trouxe do período colonial em que se colocou em situação de superioridade em função da cor da pele. Causar constrangimento àqueles que vieram de modo forçado e contra a sua vontade trabalhar para o desenvolvimento nosso lindo Brasil não o faz superior e sim um ignorante quanto a razão de sua existência. Quando temos ainda uma sociedade doentia que não aceita a criatividade do criador, que criou seres humanos de diversas cores da pele, foi para nos tornar mais fortes e capazes de suportar a curta viagem pelo trem da vida e nos dá a possibilidade de evoluirmos visando alcançar um plano superior melhor. É válido o dia da “Consciência Negra”. “Evoluir por evoluirmos” Josivan Barbosa, Gestor público com especialização em gerenciamento de projetos.

 

A criação desta data foi importante, pois serve como um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional. Os negros africanos colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos de nosso país. É um dia que devemos comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais, valorizando a cultura afro-brasileira.

A abolição da escravatura, de forma oficial, só veio em 1888. Porém, os negros sempre resistiram e lutaram contra a opressão e as injustiças advindas da escravidão.

Vale dizer também que sempre ocorreu uma valorização dos personagens históricos de cor branca. Como se a história do Brasil tivesse sido construída somente pelos europeus e seus descendentes. Imperadores, navegadores, bandeirantes, líderes militares entre outros foram sempre considerados heróis nacionais.
Agora temos a valorização de um líder negro em nossa história e, esperamos que em breve outros personagens históricos de origem africana sejam valorizados por nosso povo e por nossa história.
Passos importante está sendo tomados neste sentido, pois nas escolas brasileiras já é obrigatória à inclusão de disciplinas e conteúdos que visam estudar a história da África e a cultura afro-brasileira.
Convido você nesta data a vestir minha negritude
Você conseguirá?
Seja Preto ou Preta por um dia
Eu sou igual a você,um ser humano com corpo ,mente , coração, Banzo.
Vestidinho se de minha negritude e toda minha ancestralidade agora questione se há Racismo e discriminação
Só mais um pouquinho vista minha pele.
Vista se epidermicame de mim .
E procure viver toda minha ancestralidade e sinta tudo que dentro de mim se passa .
Assim você vai realmente sentir a importância dessa data.
E depois que se despedir da minha negritude entenda que não quero brigas mais quero lutar por toda uma hereditariedade.
A minha cor representa minha luta ,mais acima de tudo minhas vitórias
Sou Preta sim e daí” Jacilene Monte, Psicanalista, Psicopedagoga e Subsecretária de Valorização às Religiões de Matriz Afro Descendente no Brasil do CDDF

Fonte: http://egnews.com.br

As Organizações necessitam de um novo modelo mental

Com Hélio Mendes

As organizações necessitam de um novo modelo mental

As organizações necessitam de um novo modelo mental para mudar as práticas tradicionais, como programas de qualidade, estilos de liderança criados dentro de ambientes fechados, por executivos que vivem dentro de seminários e seguindo literaturas customizadas dentro das regras newtonianas de causa e efeito – o que originou toda uma geração de sistemas mecanicistas, gerenciados por executivos sedentários.

A visão parcial do homem sobre o todo teve também diversas motivações, como a geopolítica, no contexto do poder pelas terras, com o surgimento dos países, os quais criaram barreiras físicas.

A existência de múltiplos idiomas também contribuiu para a não integração.

As Universidades, onde o conhecimento começou de forma aberta, também foram divididas em centros e faculdades, segmentando assim a informação.

As corporações, mesmo as transnacionais, não se isentaram desse processo, criando departamentos ou áreas específicas de negócios.

O setor público seguiu o modelo de Max Weber; é o que sofre a maior dificuldade para se adaptar a um mundo que cobra a eliminação de barreiras, sejam físicas, sejam humanas.

Parece-nos que a possibilidade de mudança não será através da propagada indústria 4.0, mas da Gestão Quântica, a qual considera que as organizações são energia e que tudo está conectado, e que todas as divisões existentes, com o evento do mundo virtual, não terão mais sustentabilidade.

As organizações tradicionais terão que ser redesenhadas.

As empresas que estão tendo mais dificuldade são aquelas com mais tempo de mercado, cujos valores e princípios que as levaram a ter sucesso são os que hoje dificultam o começo da criação de um novo modelo mental.

Isso porque durante muitos anos adotaram verdadeiros dogmas, valores sagrados, criados pelos seus fundadores e cultivados por executivos bem remunerados e respeitados no mercado, com contribuições de gurus criadores de modismos.

É bom lembrar, já estamos vivendo a era pós-digital, em que as tecnologias estão acessíveis a todos.

Hélio Mendes – Professor e Consultor de Planejamento Estratégico e Gestão Quântica – www.institutolatino.com.br


 

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: www.revistadiaria.com

SOCIEDADE X CRIME: O recado foi dado

    

SOCIEDADE x CRIME

A população brasileira saiu às ruas nesse domingo, 17 de novembro, para pedir o impeachment do Ministro do Supremo Tribunal Federal – STF, Gilmar Mendes.

Essa manifestação é o ápice de uma história muito mal construída pela Suprema Corte e que teve seu estopim no surgimento da Operação Lava Jato.

Atuando de forma irrepreensível, isenta e no mesmo diapasão da população, Sérgio Moro, magistrado de 1ª instância, conquistou imediatamente o respeito e a admiração do cidadão, sentimentos que no passado eram destinados ao STF, que passou a perder confiabilidade por sentenças extremamente lenientes com a criminalidade.

Originou-se, então, uma desmedida rivalidade na Suprema Corte favorecendo progressiva condescendência com criminosos, em crescente antagonismo a Operação Lava Jato, rigorosa em suas decisões.

Atitudes como essa desequilibraram a instituição e a levaram, irremediavelmente, ao descrédito.

Quanto mais a sociedade brasileira aplaudia a Operação Lava Jato, mais a Suprema Corte libertava criminosos, numa clara demonstração de poder.

No topo da hostilidade e revertendo jurisprudência anteriormente assentada pelos mesmos ministros, a Suprema Corte desautorizou prisão após condenação em 2ª instância, decisão claramente personalizada, e ultrapassou todos os limites de paciência da população.

Como não há qualquer sinalização da instituição em utilizar conceitos e princípios compatíveis com as expectativas da sociedade e considerando, ainda, que o Senado Federal, por cumplicidade, não tramita diversos pleitos de impeachment de ministros do STF, a solução foi promover manifestação hoje oferecendo apoio popular ao impeachment do ministro Gilmar Mendes, o mais ativo na aceitação de habeas corpus e no enfrentamento dos desejos da sociedade.

Enquanto o Senado Federal se mantiver inoperante, manifestações certamente serão agendadas, tendo como alvo outros ministros, porém o que causa enorme perplexidade é a rejeição que a instituição STF gratuitamente oferece aos princípios e valores do país que a abriga.

O recado foi dado. 

Não há mais ambiente para um judiciário na contramão das aspirações da sociedade e o Senado Federal precisa dar uma resposta ao país.


Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: www.revistadiaria.com

O fascismo 2.0 é o PT cuspido e escarrado

Não fica difícil entender, portanto, que o PT ultrapassou uma escala que Mussolini, Franco, Salazar e Hitler atravessaram mais ou menos na mesma duração. Agora, a lei, a polícia, as Forças Armadas, a população – todos são obrigados a se sujeitar aos desejos de Lula e do PT à força, sem soberania, divorciados do desejo popular, com os petistas colocando-se acima das leis, em pura atitude de enfrentamento da polícia

O PT foi o principal responsável pela absoluta banalização da palavra “fascismo” na língua portuguesa. Entre a esquerda, e entre os que não possuem muita experiência de vida, é muito comum se impressionar com palavras poderosas, de fortíssimo impacto psicológico, como “fascismo”, “opressão”, “exploração”, “conservadores”, “burguesia”, “trabalhadores”, “justiça social” ou “desigualdade”.

Qualquer tentativa de definir tais conceitos acima da média de reflexão de um refrão de funk demonstra as lacunas de pensamento entre jovens e esquerdistas, que ou vão se atrofiando e formando ideólogos e massas de manobra, ou vão sendo preenchidas com novos pensamentos que aclareiam conceitos e afastam as vítimas de reducionismos propagandísticos.

É comum ver a confusão da esquerda, que sempre amou tudo do período mais autoritário da história da Rússia, de repente achar um absurdo uma falsa (e dada como consensual) intervenção russa nas eleições americanas (pode-se bem imaginar como pensariam o oposto se a narrativa fosse de russos intervindo para eleger Bernie Sanders). Ou vociferando contra Donald Trump por não aderir a tratados comerciais que o PT e a esquerda tanto criticava no começo dos anos 2000.

Ou ainda criticando tanto a direita por defender uma moral judaico-cristã, e ao mesmo tempo jurando que o nazismo faz parte do pensamento de direita – o nazismo, derrotado pela Inglaterra e pela América enquanto Hitler fazia pactos com Stalin, sendo a própria consubstanciação do que é o ódio a uma moral criada por judeus e revelada a Moisés no Sinai separando o poder sacerdotal do poder real. Isto para não falar em temas de absurda complexidade, como a Terceira Roma, a hégira islâmica, o globalismo ou a Primeira Guerra Mundial.

São todas conhecidas falhas de pensamento de quem tenta trabalhar com conceitos soltos e sem uma hierarquia, uma ordem e uma organização. Com sorte, o paciente cruza com boas leituras ou questiona a distância entre boas intenções e realidade factual de quem sempre tentou o convencer com argumentos sentimentais e acaba afastando-se das ideologias fracas da puberdade.

É por esta razão que o discurso mavioso da esquerda seduz muito os jovens e os pouco letrados, mas é comum que a maturidade ou os estudos tornem as pessoas mais conservadoras depois. Como define o filósofo Nicolás Gómez Dávila, não se parte de idéias reacionárias: geralmente chega-se a elas.

E nada melhor para impressionar desavisados do que usar as palavras mais pesadas do vocabulário político, como a repetição, ironicamente goebbelsiana, do termo “fascista” para todo o lado.
Fascistas seriam quem discorda do PT, quem vota pela flexibilização da CLT (em nova ironia, criada por um fascista, sendo quase cópia da La Carta del Lavoro de Mussolini), quem defende Estado mínimo, quem quer privatizar, quem defende uma moral criada por judeus, quem faz piada com o Jean Wyllys, quem fala sério com Jean Wyllys, quem não fala com Jean Wyllys e quem passou por Jean Wyllys e Jean Wyllus não gostou.

Para quem conhece a realidade histórica além das platitudes a serem repetidas pelo sistema federal de educação (mais uma vez, uma criação curiosamente fascista de Getúlio Vargas), é fácil notar que o PT, a versão sindicalista da esquerda que não tinha os ranços do antigo PCB, é um partido muito mais próximo do fascismo do que do socialismo aventado por alguns de seus defensores.

Apesar de “fascista” ser o xingamento preferido dos petistas aos não-petistas, seu modelo de poder e Estado é assustadoramente próximo ao de Mussolini, Franco, Salazar – e mesmo ao de um presidente militar brasileiro nada fascista como Dutra.

O fascismo é um sistema político em que, apesar do famoso moto de Mussolini, “Tutto nello Stato, niente al di fuori dello Stato, nulla contro lo Stato”, estatiza menos do que o socialismo (este sim, o Estado total). Os planos econômicos são dirigidos como o PAC. Como define John T. Flynn no clássico As We Go Marching, os gastos são realizados com infinitos empréstimos e dinheiro jorrando de impressão de moeda em Bancos Centrais, causando inflação.

Empresas são “privadas”, mas controladas por sindicatos e vastos “direitos trabalhistas”, e acabam não tendo como negociar, senão com o próprio Estado com seus projetos faraônicos. Grandes empresas do projeto nacional ganham subsídios e trabalham em esquema de cartel com o governo (hoje, diríamos, em escambo de propinas por contratos).

Ao invés de expropriar a burguesia, ela é agraciada e mesmo comprada com previdência social estatal, educação e saúde gratuitas e muita propaganda estatal.

A censura é obtida quando fascistas chegam ao poder, mas antes disso já fazem um vigoroso, repetitivo, fanático e monotemático trabalho de desinformação, que logo se torna a visão oficial assim que se chega ao poder. Ou seja, com financiamento para que, mesmo antes de censurar (ou “regular os meios de comunicação”), possa-se prevalecer uma narrativa oficial, com termos a serem repetidos roboticamente, cheios de -ismos, abstrações, sujeitos coletivos e indefinições, mas forte apelo sentimental de mobilização.

Comparar tal cenário ao Brasil do PT não é tão difícil. Não à toa, o presidente com quem Lula mais gostava de se comparar era o grande fascista brasileiro, o ditador assassino Getúlio Vargas.

O fascismo, portanto, é diferente do socialismo por ser, curiosamente, menor e mais fraco. Menos estatal, mesmo com a divisa de Mussolini. O maior estudioso dos partidos políticos, o sociólogo Robert Michels, começou sua carreira como socialista e, após estudar a oligarquização das decisões dentro da estrutura partidária da esquerda, preferiu se filiar ao fascismo por considerá-lo mais democrático.

Grandes pensadores sobre o fenômeno fascista, como Erik von Kuehnelt-Leddihn, Eric Voegelin, Umberto Eco, John T. Flynn, Friedrich Hayek, Victor Klemperer, Jen Pierre-Faye e tantos outros, sempre deram destaque óbvio ao caráter mais ostensivamente assustador do fascismo: seu militarismo exacerbado, que transcendeu o horror da Primeira Guerra em amalgamar civis e militares, com marchas desabridas pelas ruas das cidades e que acabou por gerar uma guerra ainda mais mortífera do que a Grande Guerra.

De fato, parece ponto pacífico que este elemento é quase oposto no PT, que tanto horror tem de militares, inclusive dos mais dóceis: nunca houve ostensiva propaganda ideológica anti-polícia quanto nos governos petistas. Entretanto, tal aparente contradição, mais uma vez, é apenas uma confusão com termos.

O movimento fascista sempre foi paramilitar, e não militar. Forças militares são conservadoras, como os militares italianos ainda defendiam o apagado reinado de Vítor Emanuel III. Não foi dali que surgiu o fascismo, e sim de um movimento sindical, operário, curiosamente democrático, populista e trabalhista que planejava controlar as grandes corporações através de um Estado forte e centralizador, distinto dos federalismos e poderes tipicamente regionais da Europa.
Por conta disso, teve no nacionalismo um outro traço marcante: não por defesa de sua nação sobre outras (Mussolini e Hitler se entendiam muito bem), mas por desejar a construção de um poder nacional central que surpassasse os cantões, estados federados e outras formas de divisão de poder originais de países como Alemanha e Itália.

Sendo nacionalista (reconstrutor de nações) e tendo forças conservadoras (“retrógradas”, “reacionárias”, “obscurantistas”, “atrasadas” etc) contra seus intentos, fascistas precisaram criar uma força paramilitar contra as Forças Armadas oficiais. Deserdados e toda sorte de aventureiros, jovens idealistas e arruaceiros foram arregimentados para a Falange espanhola, a Juventude Hitlerista ou os Camisas Negras de Mussolini. Todas paramilitares, nenhuma parte das Forças Armadas oficiais.

Com a glorificação de um líder, funcionavam como uma gigantesca massa viva que permitia que líderes nem sempre tão representativos entre o povo pudessem exibir um poder maior do que possuiriam, já que a mobilização de seus exércitos em desfiles urbanos era muito mais suicida do que ofensiva: sem o treinamento militar adequado, significavam muito mais obediência fanática e disposição a morrer como escudo humano do que propriamente um poder de invadir um país ou vencer uma guerra.

Era a Falange, a Juventude Hitlerista, os Camisas Negras que cercavam seus líderes para que as forças policiais não pudessem aplicar a lei sobre seus megalomaníacos, ilegais e psicóticos projetos de poder. Qualquer “agressão” aos jovens e “inocentes” militantes fascistas seria encarada como uma brutalidade ditatorial das forças policiais conservadoras de então, e sem precisar ganhar eleições, propor leis ou ganhar debates, os fascistas logo obtinham um poder imenso e inspiravam um sentimento de serem pobres idealistas injustiçados por conservadores elitistas.

O próprio hino nazista, a Canção de Horst-Wessel (Horst-Wessel-Lied), descreve os nazistas em termos vitimistas, marchando sob chumbo de reacionários:

Quando se observa o fascismo e o nazismo sob este prisma histórico mais detalhado, e não apenas invocando “militarismo”, vê-se, na verdade, que o PT está a um triz de se tornar um partido que pode ser oficialmente chamado de fascista.

O PT permaneceu durante todo o seu tempo na presidência com suas milícias armadas, como MST e MTST, além de militância desarmada como UNE, CUT e quejandos, simplesmente fazendo pressão por seu reformismo no Congresso, o que foi encarado com certa precisão como um “socialismo light”, reformista e não revolucionário – mesmo com efeitos fortemente contrários ao povo, como o ativismo judicial do STF (e vide como a Suprema Corte está em descompasso com a vontade popular).

Ao menos, era assim no “reformismo democrático” com o PT no poder. Foi ser apeado, e os ânimos aumentaram fortemente. Basta ver que o tom da esquerda deixou de ser “paz & amor” para falar em “pegar em armas” (após desarmar a população, exatamente como Mussolini e Hitler fizeram), em “lutar até o fim”, em “não vai ter arrego”, em enfrentar a PF, o Moro, a lei, em parar o país, em chamar todo não-petista de criminoso. A história se repete. Basta olhar por cima como anda a militância.

Não fica difícil entender, portanto, que o PT ultrapassou uma escala que Mussolini, Franco, Salazar e Hitler atravessaram mais ou menos na mesma duração. Agora, a lei, a polícia, as Forças Armadas, a população – todos são obrigados a se sujeitar aos desejos de Lula e do PT à força, sem soberania, divorciados do desejo popular, com os petistas colocando-se acima das leis, em pura atitude de enfrentamento da polícia.

Isto para não falar do próprio crime organizado, que funciona como milícia anti-Forças Armadas e anti-ordem e que ataca justamente os inimigos do PT. O que os paramilitares faziam ligados ao Estado, o PT terceirizou. E quem não se lembra das escutas do PCC ordenando todos os seus membros e familiares a “votar no Genoino”? Com 64 mil homicídios por ano e juízes coitadistas penais, o Brasil já tem um sexto de Holocausto por década.

O PT, fora do poder, só fala em “regulamentação da mídia” (censura) e deixa suas milícias paramilitares tocando o terror pelo país.
Os fascistas também estiveram longe do poder e com a mesma atuação. Fora o clima bélico e militarista da Europa pós-Primeira Guerra, também queriam um sistema econômico/político quase idêntico ao do PT em tempos de paz. Hugo Chávez é muito mais parecido com um fascista do que com um socialista, apesar de se declarar um “socialista do século XXI”. Nicolás Maduro, que fechou ainda mais o país, já é mais próximo de um socialista, apesar de ainda estar no nível fascista de não decretar totalmente a socialização dos meios de produção.

E, claro, de milícias paramilitares, usadas en masse pela força, para não cumprir leis e tentar voltar ao poder para impor censura, uma prometida “Assembléia Constituinte” e criar o Partido-Estado promovendo a Gleichschaltung, a homogeneidade social total, e agora paramilitar.

Não importa o quanto o PT chame os outros de “fascistas”: como diz o famoso pronunciamento de Huey “The Kingfish” Long, governador da Louisiana de 1928 a 1932, em frase erroneamente atribuída a Winston Churchill, “[O] fascismo nos Estados Unidos só seria vitorioso se se auto-intitulasse ‘anti-fascismo’ ou ‘democracia’”.

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Expresso Diário

Povo Brasileiro de bem esta em LUTO

Nenhuma descrição de foto disponível.

Por: Eugênio Piedade

Diante do resultado de ontem proferido pelo STF, me pego a pensar, será melhor ser um brasileiro honrado e correto ou um “brasileiro” corrupto e ladrão, pelo que demostrou a turma do STF ontem, sem sombra de dúvida será a segunda opção.

Parabéns Ministros: Cármen Lúcia, Luiz Fux, Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin

Vergonha: Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Celso de Mello, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber e Marco Aurélio de Mello

Enquanto um trabalhador honesto luta para ganhar o sustento de sua família por um misero salário de R$ 998,00, o brasileiro honesto que acha uma carteira de dinheiro na rua com alguns reais vai a rede social procurar seu dono para entrega-lo e sem tirar um centavo sequer outros “brasileiros” sem escrúpulos que roubam os cofres públicos, roubam a merenda escolar, roubam o saneamento básico da população que mora na extrema pobreza, cuecas e malas cheias de dinheiro, tri-plex, sitio, fazendas, contas na Suíça, roubam etc, etc, etc….Outros que de uma hora pra outra viram milionários, antes, catadores de bosta de elefante e num piscar de olhos transformam-se em  grandes empresários, donos de frigoríficos e redes de TV, tudo isso com dinheiro ilícito e nada acontece com esses “brasileiros”, agora deixa um assalariado fazer a mesma façanha para ver se não é encarcerado e sem regalias.

Vejo uma ideologia tapada e corrupta não querendo largar o poder, pessoas humildes totalmente manipuladas e pessoas com grau de conhecimento alto, seguirem na mesma linha, todos comprados com migalhas, enquanto poucos fazendo fortunas, emfim, nenhuma olhando para o bem do seu país mas para seu próprio umbigo.

Difícil entender a justiça neste nosso grande e rico Brasil, tenho fé em Deus que esse tormento logo passará, temos pessoas que estão fazendo de tudo para que o nosso país dê certo.

“BRASIL ACIMA DE TUDO E DEUS ACIMA DE TODOS” 

Resultado de imagem para bandeira do brasil

Vejam alguns comentários que li no facebook e me fizeram escrever este texto:

– Não consigo conceber a ideia de que para soltar um condenado específico, obviamente por natureza ideológica, coloquemos em risco a nossa sociedade.
Tenho amigos de direita e de esquerda, de extremos e de paz e amor, e lhes pergunto: estou errado em achar essa decisão um absurdo? Em considerar que assassinos, estupradores, traficantes, chefes de quadrilha, agressores de mulheres, de negros e da comunidade LGBTIQ, psicopatas, e demais bandidos condenados por um juiz e depois por uma turma de juízes fiquem livres?
NÃO!!!!
Estou certo. Mas como disse em posts anteriores, a paixão cega o óbvio e embebeda a razão.
Mateus Lolas
 

O Supremo de costas para o povo brasileiro

– O Ativista (Partido) político em construção defende à manutenção normativa e jurídica que garante à prisão em segunda instância. Desde que, evidentemente, todo e qualquer cidadão tenha o pleno e irrestrito direito à ampla defesa, direito a um advogado e meios de se defender.

Durante anos o Brasil foi essa terra de impunidade. Durante anos, atônitos e indignados, nós brasileiros assistimos o uso do poder econômico e intermináveis recursos na Justiça para manter fora da prisão gente que roubou milhões e bilhões de dinheiro público; dinheiro, portanto, de todos nós. Do nosso povo.

Gente, claro, poderosa e rica, que conseguia protelar condenações até a total prescrição da pena.

Ontem, por maioria, o STF, que tem o papel constitucional de ser o guardião da Constituição Federal ignorou a soberana vontade da população. Sua sede de Justiça. Seu grito cívico pelo fim da impunidade. O trabalho sacrificial e corajoso da Polícia Federal, do Ministério Público, de Juízes e Promotores e da Operação Lava Jato no combate à corrupção. Do juiz Sérgio Moro, que destemidamente e dentro da lei condenou corruptos e corruptores.

Ontem, por conta dessa decisão exdrúxula do STF, infelizmente, o Brasil retrocedeu no combate à corrupção e impunidade. O STF se apequenou. Virou uma instituição vilã e guardiã da salvaguarda de criminosos e corruptos.

A prisão em segunda é nossa esperança para pôr fim à escalada de corrupção e impunidade. É e será. Não era. Nós, o povo brasileiro continuaremos a lutar pelo certo e o justo. Ontem, infelizmente, uma batalha foi perdida, mas não a guerra do Bom Combate para tornar o Brasil um país onde ninguém esteja acima da lei. Ninguém. E se não quiser ser preso que não roube nossa Nação através de atos de corrupção e outros meios ilícitos. O Ativista junta-se às milhares de vozes contra essa Decisão, e não se calará. Todos por todos!

David Costa Fundador e Presidente Nacional do Ativista.

– Mais uma vez prevalece a lei do mais forte, do poder do dinheiro e da falta de escrúpulos de uma minoria massacrante chamada, classe política, dói e dói muito ver o domínio dessa massa nojenta, desse monte de estrume, porém não é desabafando em redes sociais que venceremos esse desafio, somos milhões de brasileiros sendo torturados a 519 anos e não tomamos atitudes de gente. O poder emana do povo.. ACORDA BRASIL,vamos pra rua fazer prevalecer a nossa vontade!!!!

Francisco do Itapoã

– Muito cuidado ao sair nas ruas nos próximos dias, o STF acaba de liberar milhares de presos, ladrões, corruptos, políticos, narcotraficantes, estupradores, delinquentes e tudo que há de mais ruim na sociedade, e o mais estranho é que tem uma parte da sociedade que está feliz, tem um ditado que diz que a fruta não cai muito longe da árvore, mas ela sempre cai, a única coisa boa nisso tudo é que o STF acaba de dar força à sociedade de bem, se já nos envergonha vamos dos nossos representantes hoje a vergonha é maior, um novo Brasil nasce no dia de hoje, se a esquerda pensa que venceu hoje ela está enganada, uma nova geração sempre sucede a anterior, não se esqueçam disso.

Delcides Avelino

Fonte: http://egnews.com.br

Pesquisa Digital Revela: 93% dos internautas defendem que concessão da Rede Globo deve ser cancelada


Por meio da utilização de uma ferramenta de pesquisa digital do website Strawpoll, a Agência de Dados MrPredictions configurou uma bateria de perguntas para publicação no Crítica Nacional, com o objetivo de indagar o que o público da internet pensa sobre a Rede Globo. A pesquisa consiste de cinco perguntas sobre o papel da Rede Globo na sociedade, e sobre sua concessão de serviço público federal.

A pesquisa utiliza uma ferramenta do website Strawpoll, que fica sediada na Alemanha, e usa o método de pergunta e resposta direta, sem amostragem probabilística. A ferramenta também emprega um mecanismo de validação de IP, de modo a permitir apenas um voto para cada IP. O resultado exibido corresponde ao somatório absoluto dos votos, dados a cada opção de resposta.

A pesquisa possibilitará aferir a percepção da sociedade brasileira a respeito da Rede Globo, bem como permitirá saber a opinião do público sobre se a concessão de serviço público da emissora deve ou não ser mantida. Para que o método tenha mais eficiência, é importante que as perguntas sejam respondidas em bloco, mas o leitor poderá responder isoladamente as perguntas, se assim preferir.

A pesquisa digital pode ser replicada em qualquer website ou grupo de WhatsApp, Facebook, Twitter ou Instagram, usando os links que estão associados a cada uma das perguntas, conforme mostrado abaixo. Os resultados parciais coletados até o momento para cada uma das cinco perguntas são os seguintes:

1. A TV Globo é boa para o Brasil? NÃO (98.27%)
Link: https://strawpoll.com/s3yeeh7k

2. A Rede Globo perdeu o rumo pelo interesse público? SIM (95.69%)
Link: https://strawpoll.com/7r4675cw

3. A Rede Globo deseja o sucesso do Brasil? NÃO (98.07%)
Link: https://strawpoll.com/sk7c548a

4. A Rede Globo dever ter sua concessão renovada em 2022? NÃO (93.52%)
Link: https://strawpoll.com/99dgxs71

5. A Rede Globo deve ter a sua concessão cancelada imediatamente? SIM (93.81%)
Link: https://strawpoll.com/s242bbzd

A pesquisa foi colocada no ar há pouco mais de 24 horas. Ao longo da coleta de dados, iremos trazer informações de atualização e análises dos resultados parciais. O leitor pode clicar nos links indicados em azul para acessar cada pergunta e votar. Se desejar, pode copiar o link indicado em cinza para seu grupo de WhatsApp, Facebook ou Twitter para divulgar a pesquisa. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

Postagem: http://egnews.com.br

Fonte: Critica Nacional